MENU

Wednesday, 20 de October de 2010 - 16:19Autódromos, F-1

CAMINHO DAS ÍNDIAS

SÃO PAULO (no fim sai) – Bernie Ecclestone esteve no canteiro de obras do autódromo que vai receber a F-1 no ano que vem na Índia. Escalaram um monte de baixinhos para aparecer na foto com ele… Não há praticamente nada no local, ainda. Mas, como sempre, vão conseguir terminar a tempo. Como na Coreia. Bernie não abre mão desses países, que nada têm de tradição automobilística, mas representam mercados de enorme potencial. E mercados ricos pagam bem.

49 comentários

  1. Zé Zanine says:

    Nossa o Flavio foi no WC na hora da foto!!!!!!!!!!

  2. chandler says:

    ao menos a India como a China, a Turquia e a Rússia são países de verdade!
    o problema é correr em países fictícios como Abuu Dhabi, Bahrein, Singapura e Malásia.

  3. Flávio Bragatto says:

    É… se Bernie fez da F1 um negócio, nada mais justo de fazer comercio com ela.

    A unica coisa que eu acho é que deveriam ter mais GPs, ao invés de retirar os tradicionais, mantê-los e acrescentar os pagantes.

    Vai chegar uma hora que eles vão retirar o circo de um determinado país e quando voltarem não sobrará nada do que era antes (vide Jacarepaguá)

  4. Rafael Schelb says:

    O que o Aécio Never tá fazendo alí?????
    kkkkkkkkk

  5. Luciano Martinelli says:

    E o Brasil vai se f(*)der de vez, ficaremos sem um GP de F1, como estamos sem um possível campeão ai, ai, ai…

  6. Pedro Jungbluth says:

    tem as fundações, que são metade da dificuldade de uma obra dessas

  7. Bonadei says:

    quase q gritei “é o Raj, do Big Bang Theory!!” mas aí vi q tinha mais 2 Rajs…. é… são todos iguais mesmo

  8. Fernando Kesnault says:

    êta povinho feio….

  9. Bento says:

    O que o M. Night Shyamalan está fazendo lá? Vai filmar mais algum fracasso de bilheteria? O Bernie daria um bom ator pros filmes dele…

  10. Rafael says:

    Se para a F1 é um bom negócio correr em deserto, na Índia, na China, na Mongólia, nesses confins do mundo que nunca tiveram tradição nenhuma em automobilismo, para mim é um bom negócio DEIXAR de assistir F1. E já estou conseguindo viver MUITO BEM sem assistir essa MERDA e acordar meio dia todo domingo sem a menor culpa. E ainda dou uma bela f… matinal.

  11. Celso Silva says:

    Mais um GP de madrugada para brasileiro ver. Daqui a pouco F1 vira “Sessão Corujão”. Não adianta, F1 é negócio pra agradar europeu, os caras tão cagando e andando para gente. Eu é que não acordo mais pra ver esses Gp’s.

  12. MÁRIO GURGEL, Brasília. says:

    Cada vez mais eu tenho a certeza que esse Bernie Ecclestone é fruto do cruzamento do Chico Xavier com a Vovó Mafalda.

  13. Rodrigo Monassa says:

    Quem é que tá fazendo este autódromo, a mala do Tilke? é corrupção, o que é que motiva sempre este mesmo imbecil a desenhar os circuitos novos da Formula um? segurança? por isso que as corridas estão tão modorrentas, até eu que acompanho formula um desde Holanda 73 (Ok, Zandvoort é perigoso, mas tinha graça, Watkins glenn tb) seid esenhar melhor que ele.
    no fim, vais er isso: um belo show, enquanto espetáculo midiático, mas corrida chata. vcs viram que numa reta de Yeongam , coreia, tem até muro? rsrsrs

  14. Andre Luis says:

    Arquibancadas divididas por castas??

  15. Acarloz says:

    Engraçado, ninguém comenta que o Bernie era primo do Ray Coniff . . . quem arrancou as mangas do terno do cara da esquerda ?

  16. Verde says:

    E depois são os japoneses que são todos iguais…

  17. Quem sabe, em uns 20-30 anos, não teremos alguns artigos falando sobre a “tradição automobilística” do Oriente Médio e da Ásia?

    Ao que me parece, a Europa está indo de mal a pior, e não vão ser os americanos que irão resgatar alguma honra do “automobilismo ocidental” rodando naqueles ovais…

    A F1 é puramente “business” hoje. Onde tiver dinheiro, ela vai atrás, se transforma, se adapa, etc. Ela não pensa tanto em criar oportunidades de dinheiro, mas um pouco mais em aproveitar as oportunidades que já foram criadas.

    Esses dias eu estava montando um gráfico dos últimos 30 anos da Fórmula 1, usando como variáveis os continentes em que a Fórmula 1 corria e a nacionalidade dos pilotos. É impressionante como nos anos recentes tudo mudou tanto. Até então, era até que bem estável. O mais interessante, porém, é que se você puxar as linhas de progessão do gráfico uns 10-20 anos para frente, é possível prever que a Fórmula 1 será mais um esporte do Oriente do que Ocidente, pela primeira vez em sua história.

    Abs.

  18. Cesar Eugênio Dias says:

    E esses óculos…

  19. Roberto Martinez says:

    Quanta gente boa pinta !!!

  20. Fabio Amparo says:

    Dizem que o Bernie sai da F1 em 2013…

    Dizem que se isso acontecer, muitos circuitos tradicionais retornarão…

    Tchau Bernie! Seja feliz em sua aposentadoria!

    Abs

  21. Varlei says:

    Reparem que até as pessoas da foto foram fazer tudo com pressa, não deu tempo de o alfaiate acabar alguns ternos estão sem colarinho e sem as mangas. Sera que para ir ao autodromo vai ter de ir em cima dos trens ?,rs

  22. Rodrigo says:

    Boa noite Flávio 69, o irmão do Zagalo ” Barnie Formol Eclestone ja passou da hora de vender a FOM. Agora deu para falar de idiotas como Hitler, Saddan e outros assasinos por como pessoas boas. O velho da boca torta surto de vez..

  23. Tancredo says:

    esses malas querem parar o mundo é? qual o problema de se expandir um campeonato de F1 ou qualquer outro?? daqui 50 ou 60 anos será tradição com um monte de gente fã do esporte uai sô!

  24. André Lima de Almeida says:

    Tô achando que você está se lamentando demais com esse papinho de “ah, o mercado de lá movimenta mais grana, então, a F1 vai pra lá! Não é justo com as pistas ‘tradicionais’, e bláblábláblá”.

    Seria preconceito?

    Esse negócio de “tradição” no esporte sempre me pareceu uma fala meio elitista.

    E por que um país que nunca teve corrida de F1 não pode ter nunca?

    A Índia possui uma equipe de F1, e acredito que tenham várias pessoas que gostam de assistir e fazer parte. Parece melhor que a situação brasileira, não?

    Seria legal se informar se esses países “sem tradição” são tão “sem tradição” mesmo… Sabe?

    Não me informei quantos pilotos indianos existem, nem me importa. Deve existir mais gente além do Chandhok…

    Você tem experiência suficiente de F1 para saber que a F1, antes de ser um esporte, sempre foi um negócio.

    Não é que nem corrida pedestre, que na maioria das vezes, para você começar a praticar, basta começar.

    Espero que seja uma excelente corrida na Índia. E que o circuito seja melhor do que esses absurdos “Tilkianos”…

  25. Vanderlei Julio says:

    E o BRIC da F1 fica cada vez + RIC…

  26. Felipe Montanheiro says:

    Bom, quem sou eu para dizer algo contra o cara que está há meio século (ou mais) nesse meio, mas é muito, mas muito foda admitir que essas cagadas de ir atrás dos mais glamurosos e excêntricos pagadores não vai muito longre(eu espero), pois isso arranca da gente que curte de corpo e alma essa porra de F1 e que gosta de Ímola, de SPA, Magny-Cours, Silversone e Interlagos, que foram lugares onde muita coisa aconteceu e surgiu e que, agora tem que assistir essa cambada de nego sem cultura automobilística bancar pra ter uma corrida em seus países emergentes e mostrarem ao mundo que, enfim, fazem parte de qualquer merda de estatístisca da bols azul e que, podem pagar ao Tilke pra desenhar uma pistinha de última hora pra fazer o velho Bernie (no sentido verminal da palavra) ficar todo alvoroçado e excitado por algo novo no meio.
    Eu, como mero trouxa que sou, não mudarei nada em relação à nada, mas eu sou o único com um pensamento assim? Imaginem a F-1 sem àquilo que fez dela o esporte a motor mais foderosamente admirado nesse ínfimo pedaço universal de terra em que nós fazemos peso…pois nós que lemos, acompanhamos e participamos diáriamente desse blog, temos cultura o suficiente pra opinar sobre algo? Temos, ok? Certo?

    Maiz, quem sêmos nóis pra dizê árgo sobri iço??
    Tá na hora do Bernie aliviar o peso que faz na Terra, certo??

    Abraços à todos,
    Felipe Montanheiro.

  27. Carlos E. says:

    o pior é que ele é o menos ridículo da foto

  28. Varlei says:

    Tata Motors na F1????, rs

  29. Wilson says:

    Concordo, acho que foi muita falta de consideração do Bernie, devia ter convidado o FG para a foto. (bricaderinha)

  30. çabe tudo says:

    Para o Bernie gostar de interlagos, manda o Oscar Maroni decorar.

  31. Sidney says:

    DA A MANEIRA QUE COISAS VÃO, LOGO TEREMOS OS GP’S DO iRAQUE, IRÃ, PASQUISTÃO E SIMILARES.

  32. Silvio Rodrigues says:

    Bando de mafiosos…

  33. Tudo artista de Bollywood. De corridas, não devem entender muito…

  34. Brown says:

    Que nada. Esses novos indianos ricos não são nada burros. Agora que eles tem duas equipes na F1, vão querer um autódromo para receber a categoria e ganhar muito dinheiro com a venda de ingressos para a nova classe média indiana, que é faminta pelo que é de fora.

    Aposto muito mais na F1 indiana do que na F1 chinesa. É só vê as comunidades no orkut, em inglês, relacionadas à F1. Elas são “dominadas” por indianos.

  35. Fabio says:

    Caraca esse berne é feio pra carai !!!!!

  36. Maxwell B. Medeiros says:

    “Escalaram um monte de baixinhos para aparecer na foto com ele…” – alguém notou que mesmo assim, o Bernie ainda se destaca por sua pequenês?

  37. Felipe Passos says:

    Acho que já vi estes caras neste comercial http://www.youtube.com/watch?v=kc1JAu8lRtE

  38. Maia says:

    Como vão construir um circuito. Não conseguiram nem por mangas e lapela no paletos de dois dos sujeitos da foto. rs…

  39. Fernando M.A. says:

    A Índia pode até não ter tradição no automobilismo, mas acredito por sua raiz cultural, o aumento da presença de dirigentes e pilotos no automobilismo, tem potencial para se firmar, diferente dos árabes, coreanos, chineses, dentre outros sem vocação nenhuma.
    Esses merecem uma oportunidade de ter um GP, ao menos para provar se realmente tem interesse e sua capacidade… Mas mereciam também uma chance melhor, não numa pista do Tilke.

  40. Alan Bandeira Preta! says:

    entre eles o mr. bean!

  41. Gustavo Oliveira says:

    Die, Bernie, die!

  42. Very says:

    Bem, os Commonwealth Games foram um desastre completo, é bom abrir o olho porque F1 são vidas humanas em risco, tem que ser um trabalho bem-feito e bem fiscalizado.

  43. Ricardo de Bittencourt says:

    Faltou apenas o Fávio Gomes na foto …

  44. Ivo Aoki says:

    Ah, que saudade de Estoril!

  45. LBM says:

    Como fica aquela história do final do contrato de “posse” do Bernie na F1? Será que há a possibilidade das equipes assumirem? Seria bom porque a grana seria dividida entre as equipes e não só as migalhas do Bernie.

  46. Carlão says:

    Viram os comentários que o Tio Bernie fez ??? Elogiou Hitler, Saddan e mais uns por aí. E acha que esses circuitos horrorosos do Tilke são Maravilhosos. O Tio tá GAGÁ faz tempo. Precisa aposentar rapidinho, senão F1, já era.
    Precisamos da volta dos grandes circuitos de verdade, que fizeram a história da F1. Dos grandes engenheiros, chefes de equipes e marcas históricas. Chega de palhaçadas do TIO e da FIA.

  47. Squa says:

    O segundo, da direita para a esquerda (com cinto com detalhe quadrado) é o Mr. Bean!

  48. Ricardo Bigliazzi says:

    Será o empurranzinho que falta para a Force India virar uma Equipe de ponta.

    Imperador

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *