MENU

quinta-feira, 28 de outubro de 2010 - 11:24Colunas Apex

ESPANHA RULES

SÃO PAULO (olé mesmo) - A coluna Apex do nosso batera Andre Jung está no ar. Ele fala sobre o momento impressionante que vie a Espanha no esporte. Alonso inclusive, claro… Está aqui para ler e os comentários vocês pingam aí embaixo.

31 comentários

  1. E.Martinez disse:

    carretera@

    “Só existem 3 esportes:
    Automobilismo (motociclismo de tabela), touradas e boxe. O resto é recreação.”

    Não mesmo, existem basquete (campeã mundial 2006 e prata Pequim 2008) hóquei sobre a grama (melhor seleção histórica no feminino) ciclismo (Induráin 5X Contador outras tantas) Tenis: (Nadal, e no passado, Alex Corretja e Arantxa Sanchez, etc., campeã mundial também por equipes…) Handebol (Campeã européia e algumas medalhas olímpicas) Esportes à vela (retrospecto olímpico melhor que o Brasil)

    Melhor retrospecto olímpico no quadro geral de medalhas que o Brasil, mais investimento em categorias de base em todos os esportes individuais e coletivos.

    Garimpo de talentos na escola e em clubes, enfim senhor ‘carretera’ vamos ver mais de perto qual nação pratica poucos esporte e o resto é recreação…Tourada não é esporte, é um espetáculo de cunho “cultural” como o carnaval…vamos ver qual deposita todas suas espectativas em apenas um esporte (futebol), enquanto o resto fica a mingua. E disso sei muito bem, porque conheço o atletismo brasileiro e alguns de seus atletas…

  2. E.Martinez disse:

    SR Mário Ferreira.

    Os portugueses podem detestar os espanhóis à vontade, mas não vejo essa rivalidade toda ao leste de Extremadura, se é que me entendeu…

    Em outras palavras, Portugal e seu cotidiano repousam no esquecimento espanhol. Se isso arrefece rivialidades e animosidades estúpidas isso é ótimo, mas se também deixamos de aprender coisas produtivas uns com os outros isto é ruim.

    Ódio em excesso, denota inveja: “Quem desdenha quer comprar”

    A Espanha em nada é comparável a Portugal, tem uma população mais de 4X maior, uma economia também muito maior, e em nenhum indicador esportivo também podemos dizer que Espanha e Portugal estão “pau-a-pau.”

    Atletismo é o único esporte que Portugal se dedicou mais, mas nem mesmo este os lusos podem contar muita vantagem, hoje Portugal só tem velocistas melhores que Espanha, de resto das modalidades deste esporte, estamos já à frente.

    E vamos acabar com esse mito de que espanhol só gosta de motos. Automobilismo também é coisa antiga e tradicional na Espanha, tivemos fábricas de automóveis desde o inicio do século XX, tais como: Abadal, Hispano-Suiza e Pegaso, carros de luxo e esportivos que competiram em provas na Europa. A Espanha tem tradição em ralis, seja como sede, em pilotos e veiculos como os da divisão SEAT Sport que além de ralis, ganharam provas de turismo no WTCC e BTCC…

    Portanto senhor Mário Ferreira, menos chauvinismo e ufanismo e vamos nos unir contra o verdadeiro inimigo da Europa mediterrânea que são os especuladores anglo-saxões…

    Te recuerdo un clásico refrán español: Los portugueses, pocos, y esos locos…

    Aos brazucas com sindrome de “vira-latismo”, que acham que Europa é só Reino Unido, França e Alemanha, tem mais noção de inglês do que espanhol, mesmo cercado de países latino-americanos, que pensam que “latino” é só quem fala castelhano, só lamentos…faltam-lhes educação, maturidade, senso de pertencimento, humildade, e muita auto-crítica.

    Especialmente em relação a Felipe Massa, pra vocês outra frase clássica: “Manda quem pode, obedece quem tem juízo…”

  3. E.Martinez disse:

    “Pelo menos agora eles tem uma boa razão para serem arrogantes e detestáveis tambêm no esporte. rsrs”

    Arrogante e detestável? No dia que o povo espanhol estiver embriagado de um ufanismo nojento com um “Babão Bueno! liderando o séquito, você diz alguma coisa. Mas por ora porqué no te callas Fábio Barreto?

  4. Breno Peixoto disse:

    No ciclismo, os espanhóis Alberto Contador e Alejandro Valverde estão dominando nos últimos anos.
    Neste ano, Contador venceu Le Tour de France e La Vuelta de la España.

    E não se esqueçam do futsal…

  5. Lucas disse:

    Na prática, eles já dominam também a F1. Alonso pode até nem ser campeão, mas sem dúvida é o melhor piloto no grid. Se os carros fossem iguais pra todo mundo, ele teria ganhado tudo de 2005 pra cá. Quiçá até antes disso, pois o cara mostrava serviço constantemente ainda na Minardi e fez pole e vitória com a Renault de 2003, que nem era grande coisa. NMO esse cara é a melhor coisa que apareceu na F1 desde a época de Senna/Prost, e ele conseguir superar os recordes de Schumacher só depende de uma variável: a quantidade de corridas que ele vai fazer com carros competitivos até o final da carreira (afinal, o Schumi teve o melhor carro por muitíssimo mais corridas que qualquer outro piloto na história da F1). E pelo que temos visto, muitas vezes o Alonso nem sequer precisa ter o melhor carro pra ganhar.

    • Nilton disse:

      Discordo totalmente, em 2007 ele levou pau do Hamilton e levou pau do Trully em 2003 (??)

      Melhor do que o Espanhol picareta pelo menos 02, Hamilton e Kubica, e no seu nivel pelo menos 01, Vettel.

    • Piloto de carrinho de supermercado disse:

      Tomar “pau” do companheiro de equipe na F1 é a mesma coisa, suponho, que tomar *pau* na vida real: não importa o que o cidadão faça, as pessoas nunca mais vão vê-lo da mesma forma… O cara já ganhou dois títulos, está perto do terceiro, mas ninguém esquece a escovada que ele levou do Trulli em 2004 – e o italiano ainda foi demitido!!!

  6. carretera disse:

    Só existem 3 esportes:
    Automobilismo (motociclismo de tabela), touradas e boxe. O resto é recreação.
    E não se escreve basco! O correto é Vasco, da Gama!
    O importante não é ganhar. O importante é como se ganha um título, ordens do boxe, tipo “Alonso is faster than you”, esperar o trouxa do Damon Hill passar e fazer um strike, tentar o mesmo com o Vilanova e falhar, fica no currículo e quem acompanha as carreras sabe das coisas.
    A panca do Senna no Prost fica perdoada porque ele tinha sido garfado em Mônaco.

  7. Andre disse:

    Vou colocar aqui porque derepente voce le.

    Copia de comentario no blog do Vitor Martins.
    Victor,

    Vou aproveitar este post ja que nunca acho um em que caiba.

    Cara e incrivel, nem voce nem o Falvio ou qqualquer outro dao os merecidos elogios ao Rosberguinho, e acho que o mundo inteiro, visto que ate ele ficou injuriado em ouvir que o Carro nao combina com Shoemaker, o pneu nao combina com Shemaker, a chissis esta trincado. Que outra desculpa vao arrumar.

    No final das contas ele meteu o dobro dos pontos e na ultima prova, na qual alguns se dao o trabalho de elogiar a corrida mediana do Shoemaker, o Rosberguinho corria bem e na frente do companheiro, que sinceramamente ja passou da hora de entrar em forma ( se e que esta forma absoluta realmente exisitiu ou era so a magia dos carros da Ferrari que metiam trocentos segundos na competicao).

    Rosberguinho tem sido primordial durante todos estes anos, alguns diziam o Leao das Sextas, Sabados. Frank Williams sabe que perdeu um campeao que ja merece carro bom a muito tempo.

    Vou ter que torcer pra Mercedes ter carro bom o ano que vem pra ver ele meter de novo no Shoemaker.

    Bom
    Abraco.

    • Piloto de carrinho de supermercado disse:

      Por esse ponto de vista, o Rosberguinho entrou numa fria: se andar na frente do Schumacher, é porque o cara não está em forma; se não andar, pior ainda. Quanto às desculpas, se o cara admite que não vai mais ser o mesmo de antes, ele perde os patrocínios e até o emprego, pois a associação com a sua imagem deixa de ser interessante. Infelizmente, não dá para ser muito sincero nesse ramo.

  8. Mário Ferreira disse:

    Ninguém comenta, comento eu!
    Não há povo que seja mais rival dos espanhóis que os portugueses. “De Espanha nem bom vento nem bom casamento” é um provérbio mais antigo que (talvez) a nossa nacionalidade.
    Nos últimos anos – pode-se situar desde os Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992 – Espanha tem vindo a sobresair nos desportos, em todos os desportos. Por exemplo, no atletismo, sempre tivemos melhores atletas que em Espanha – e isso reflectia-se nas medalhas que o “pequeno” Portugal arrecadava nos Jogos em relação a Espanha.
    No desporto automóvel, em Portugal sempre houve muito mais interesse pela Fórmula 1 e pelos Rally’s que em Espanha – basta ver alguns vídeos no Youtube sobre o Rally de Portugal para ver a loucura que era (e ainda é, mas muito mais controlada).
    De repente, houve um incremento do interesse pelo Desporto ao mais alto nível em Espanha: Uma aposta nas modalidades olímpicas, a união de galegos, bascos, catalães, andaluzes, etc. para finalmente fazer uma selecção de todos os espanhois – e de repente, a afirmação de um grande piloto como Fernando Alonso.
    Recordo que a Fórmula 1 passava um pouco ao lado dos espanhois: As enchentes em Jerez nos anos 80 e 90 deviam-se muito mais ao motociclismo que à Fórmula 1. E não eram pilotos como Perez Sala, Adrian Campos ou mesmo De La Rosa que conseguiam empolgar “nuestros hermanos”.
    Foi finalmente Fernando Alonso que conseguiu reunir a atenção do público. Nota-se apesar de tudo uma certa imaturidade nos comentários de TV das corridas, que transformam a narração da corrida como se tratasse de um jogo de futebol. Os espanhois acordaram de uma maneira para mim violenta, para a F1. Pessoas que só começaram a ver F1 desde Alonso, falam como se a F1 tivesse começado em 2005…
    De qualquer forma, apesar do “ódio de estimação”, é inútil negar o desenvolvimento económico e social que Espanha representa, e que só nos devia servir de incentivo a crescer.
    Em Portugal dizemos em tom de brincadeira que seríamos espanhois se D. Afonso Henriques (o primeiro Rei de Portugal) não tivesse batido na mãe (entrado em conflito com a mãe D. Teresa). Mas sinceramente, prefiro falar português que espanhol (e espero que vocês também).

    Um abraço de Portugal.

  9. Celso Guzella disse:

    Realmente El Fodón tá com a bola toda, e por merecimento que é pior.O cara é feroz.

  10. Ricardo Reno disse:

    Alonso é um osso duro de roer em qualquer situação. Vettel já mostrou diversas vezes que quando não sai na pole e dispara na frente, não oferece perigo. A culpa pela perda do campeonato é da Red Bull. El Fodón vai ser Campeón!

  11. greyhound disse:

    Caro Andre
    Já declarei publicamente minha admiração pelo seu pensamento e capacidade de ver onde os outros ainda não haviam exergado, mas discordo veemente de sua opinião de que Mark Webber deixou o carro voltar para a pista para atingir outro concorrente. Acho que ele até pode ter pensado em voltar, mas não contava que fosse rodar novamente, além disso, por sua experiência não iria arriscar-se a ser atingido pelo meio, o que poderia ser fatal.

  12. Lafite disse:

    O André Jung falou um monte de asneiras: o que o Fernando Alonso tem a ver com a espionagem industrial feita pelo staff da Mc Laren sobre os segredos da Ferrari ? Por acaso o Alonso ou o Hamilton foram campeões em 2007 ? Aliás, sobre 2007 eu ainda hoje defendo a teoria de que houve um acordo entre Ron Dennis e Jean Todt para que o Hamilton ENTREGASSE as 3 últimas corridas, para o Kimi Raikkonem ser campeão, já que seria o cúmulo do absurdo um carro CONDENADO PELA FIA por espionagem levar o título de pilotos !!! O Lewis Hamilton concordou e entregou de forma escandalosa as 3 últimas provas ! E o Alonso também concordou, tanto que nem atacou o Felipe Massa e o Kimi Raikkonem em Interlagos, mantendo-se num “bem comportado” terceiro lugar !!!!

  13. Tom Ferreira disse:

    Nao eh so no Brasil que acham que o Alonso eh vilao nao. Na revista F1 desse mes da Inglaterra, a mais vendida do mundo, tem uma materia sobre porque as pessoas acham que ele eh vilao no mundo, nao no Brasil.

  14. E.Martinez disse:

    Ué? Falou mais dos detalhes do GP da Coreia do que o sucesso deste ano do esporte espanhol.

    Eu é que digo, por trás disso existe investimento no esporte e em sua infraestrutura, sem politicagem e ganho pessoal de presidentes de confederações.

    Rio 2016, pode se tornar Montreal 1976, sede olimpica mas sem sucesso esportivo do país sede e muitas dividas ao término. O tempo é rei, veremos…

  15. Machinist disse:

    Tá boa no esporte porque a economia tá uma merda.

  16. Otavio Neto disse:

    Assisti a um documentário no final da década de 70 que os Espanhois tinham um programa a longo prazo de se tornar uma força nos jogos Olimpicos. Essa força se mostra hoje e se não fica entre as primeiras colocadas nos jogos olimpico,estão mostrando ao mundo aonde chegaram nas categorias acima citadas. Em 2005 foram campeões mundiais de handebol, e foram vice campeões Olimpicos e os penultimos campeões mundiais de basket. Não vai me admirar um dia eles estarem ganhando a liga e o mundial de volei.

    Uma boa a tarde a todos

  17. Francisco Assis disse:

    ”…é claro que seria bem melhor se fosse Alonso e não o alemão no caminho do Red Bull “desgovernado”…”

    Esses tipos de comentários vistos a torto e a direito na imprensa ”especializada” brasileira é de roer os cotovelos. Lamentável. E continuem criticando ingleses e espanhóis por fazerem exatamente as mesmas besteiras. Fernando Alonso não fez mal a nenhum brasileiro, somente é, muito mais compentente do que todos os outros pilotos do mundial.

  18. Érico BSB disse:

    que coincidência, ontem, falando com um amigo espanhol, estávamos comentando o domínio da Espanha:
    Alberto contador-ciclismo.
    Alonso-automobilismo
    Nadal-Tenis
    campeões no motorciclismo nas 3 categorias principais.
    e a mais importante a Fúria campeã de futebol
    Sortudos.

  19. FG, vc acha que Alonso sagrando-se Tri-campeão da F1, choverão espanhois e outros dizendo que ele é igual ou melhor que Senna e Piquet??

  20. Mário Sérgio disse:

    Exato. sem tirar nem por.

  21. Mauro Rodrigues Junior disse:

    Só não gostei do finalzinho:

    “…ficou evidente que o australiano soltou o carro de volta à pista…”

    Esta opinião é um tanto imprudente ou até leviano.
    Imagine se algum carro atrás do Webber o pegasse no meio do carro (“estilo” Zanardi, lembram?). Seria uma situação crítica onde o piloto teria risco de morte.
    Alguém acha que o Webber deixaria o carro voltar para o centro da pista de forma itencional e arriscar virar pastel?
    Acho que não.
    O que devemos criticar – e muito – é a ausência de áreas de escape naquela sequência de curvas após a curva 4…
    Se alguém batesse em um muro, seria um legítimo “strike” de carros, por que o carro que batesse não teria aonde deslizar senão para dentro da pista.

  22. Ricardo de Bittencourt disse:

    Taí. O Jung viu a mesma coisa que eu. Weber retornou à pista daquele jeito propositadamente.

  23. Nilton disse:

    He he he he
    Mais um que acha que o Webber fez de propósito, talvez seja só isso que falta para que ele seja Campeão, pois todos nós sabemos que bonzinho não ganha título normalmente, que o diga Fernando “Briatore” Alonso.

    Quanto ao Felipe Massa chegar em terceiro depois de 03 abandonos senão seria sexto, é muito menos do que o suficente.

  24. Felipe Barreto disse:

    Pelo menos agora eles tem uma boa razão para serem arrogantes e detestáveis tambêm no esporte. rsrs

  25. felipe gatica disse:

    Dá pra representar um país em 3 esportes????Fuetbol, Nadal e Alonso? Brasil lidera em quantos esportes a nível mundial?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>