AO INFINITO…

630

SÃO PAULO (esses meninos são demais) – Eliseu, Marinho, Roberto e Raimundo. Esses quatro fumacentos partiram de carro do interior de São Paulo no dia 5 de outubro rumo a Buenos Aires para participar da Autoclásica, o maior evento de carros antigos da América do Sul. Até aí, tudo bem. Muita gente viaja para a Argentina de carro, o trajeto é delicioso, as estradas são ótimas.

Mas não de DKW. Dois DKWs. Uma Vemaguet 1964 e um Belcar 1967. Foram 5.150 km em 10 dias, passando também pelo Uruguai, nosso paraíso sul-americano dos carros antigos. Problemas mecânicos? Zero. Para não dizer que não aconteceu nada, parece que as câmeras de alguns pneus andaram apresentando vazamento de ar por defeito de fabricação.

Esse quarteto está entre os maiores entusiastas brasileiros dos carrinhos dois tempos mais espetaculares do mundo, e comungam da tese de que automóvel tem de andar. E automóvel antigo, mais ainda. E defendem a ideia de que se você cuida direito de seu clássico, ele vai a qualquer lugar.

Vai mesmo. Aliás, eu faço dessas de vez em quando, nada tão longo, é verdade, mas se tem uma coisa que não me mete medo é colocar carro antigo na estrada.

A linda viagem dos nossos quatro heróis está relatada no Maxicar, com o roteiro completo e lindas fotos. Parabéns a todos, estamos orgulhosíssimos!

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Marcus Santos
Marcus Santos
7 anos atrás

Como moro em Buenos Aires e gosto de carros antigos, minha cara de surpresa e espanto ao ver os DKWs com placa do Brasil não foi pequena!! Infelizmente, fui sozinho, com meu filho de menos de 2 anos, e não podia tirar muitas fotos. Segue umazinha, onde estes carros estavam: http://i1273.photobucket.com/albums/y416/marcus_santos2/Mobile%20Uploads/Carros%20no%20geral/20141011_154649_zpsnwi8mc8p.jpg

ALEX B.
ALEX B.
7 anos atrás

E além…pelas “rutas” castellanas! Vão visitar Don Mujica no sitio dele…

Newton
Newton
7 anos atrás

Show! Minhas estradas prediletas. Nas raras férias longas que consigo, tenho apontado para o sul e só paro quando o tempo me chama de volta. Uruguai, Argentina e Chile são países maravilhosos.

Toni Gallani
Toni Gallani
7 anos atrás

Encontrei esses aí do link, ña manhã do dia 19/10/2014, na Fernão Dias, altura de Estiva-MG, em direção a São Paulo. Pareciam estar muito bem, numa subida, a cerca de 80 km/h!

Renato Soares
Renato Soares
Reply to  Toni Gallani
7 anos atrás

Um trio fantástico “67” . Reconheci este azul ,
Sr. Lino de Jundiaí.

fabio
fabio
7 anos atrás

Doida a viagem.
Sou afim de ir, passando pelo chui, litoral do Uruguay e talz. Povo bom de peixe, de carne e mais um punhado de coisa.
Como diria o profeta “comer e viajar, as quatro melhores coisas da vida”.
Abraço
.

Fábio.
Fábio.
7 anos atrás

“…e comungam da tese de que automóvel tem de andar. E automóvel antigo, mais ainda. E defendem a ideia de que se você cuida direito de seu clássico, ele vai a qualquer lugar.”
Exatamente! É meio como naquela cena de “Curtindo a vida adoidado”, um cara que tem uma Ferrari rara parada não merece ter uma Ferrari :)

Parabéns pelo Blog! Por esses dias, um dos meus refúgios preferidos na internet!!

Renato Soares
Renato Soares
7 anos atrás

“Isto é DKW-Vemag , somente os mais fortes sobrevivem”

Fabio
Fabio
7 anos atrás

É isso mesmo, carro antigo tem de andar, e muito! Faço Itu-Campinas com meu Fusca 1966 todo original toda semana, e é só alegria (claro que se não lubrificar o cabinho do marcador de combustível, ele emperra e a gasolina acaba com o ponteiro ainda marcando 1/4 de tanque, mas isso é detalhe que só gera mais aprendizado e alegria).