CRISPIM & JAN

SÃO PAULO(espetaculares) – Duas lendas estiveram no “Fox Nitro” esta semana. Falaram dos bons tempos, das Mil Milhas de 1966, do Emerson que achava que comendo cenoura enxergaria melhor à noite, das corridas de antigamente… Como perder?

Comentários

  • FG agora fica devendo um programa contando a saga do Camilão, aproveitando ainda neste ano o bem lembrado Jubileu de Ouro da sua vitória mais marcante. Outro dia cutuquei o Camilinho no face comentando que isso não pode passar em branco… Precisava, por exemplo, o pessoal da Old Stock fazer uma corrida especial, um livro ser publicado… Gostaria muito de ver a Carreteira no meio desse seu cenário e as pessoas que participaram contando as histórias (Celidônio, D. Wilma, outros pilotos…). Acho incrível como ela mantém presente, viva e alegre a imagem do mestre que a concebeu e transmite uma sensação de que esta pronta para rugir alto na reta de Interlagos.

  • Alô, Flavio,

    Eu já escrevi isso, mas é sempre bom escrever mais e mais vezes. Porque quando o produto é bom deve ser sempre elogiado. “PARABÉNS PELO FOX NITRO”, parabéns à toda equipe e ao Fox. Não deixem acabar esse programa que é uma joia que faltava para os fãs do automobilismo.

  • Muito bacana ver o relato em primeira mão dos bastidores da história do automobilismo brasileiro. Poderia fazer um programa com duas horas que a gente não cansaria de ouvir os causos!

    Por curiosidade, essa história de que comer cenoura faz bem pra vista é uma lenda nascida na Segunda Guerra Mundial. Os britânicos haviam desenvolvido um sistema de radar e passaram a detectar os bombardeiros alemães atravessando o canal da Mancha, o que permitia que caças decolassem a tempo de interceptá-los e evitar o ataque em solo inglês. Para não revelar o segredo tecnológico revolucionário, espalharam que os pilotos bretões comiam muita cenoura e, por isso, conseguiam enxergar os aviões inimigos à maior distância. A cenoura é rica em vitamina A, cuja carência afeta a visão noturna, mas consumir uma rama da raiz não faz ninguém ter super visão.

    E, sim, eu já vi coelho de óculos. No desenho da Alice no País das Maravilhas.

  • Flavio, excelente programa. Pelo modo que as coisas funcionam hoje em dia, um programa sem estrelas badaladas pode afugentar muita gente, mas tenho certeza de que quem viu o programa, mesmo sem ter nenhuma idéia de quem eram as figuras, adorou.
    Como o automobilismo não é prioridade para as emissoras esportivas, peço que procure divulgar o horário em que o programa será exibido. A grade errática da Fox tem ficado cada vez mais parecida com a do SporTv, que prefere VT de qualquer partida de futebol em detrimento de programas de automobilismo. Vamos tentar dar o máximo de audiência para o nosso esporte favorito, mostrar para os endinheirados que motores roncando ainda são um bom ivestimento.
    Vocês estão fazendo um ótimo trabalho, parabéns.

  • Prezado F&G : Quero agradecer você por ter proporcionado um momento mágico.Sim é verdade Crispim e J.Balder duas lendas,espetáculo de informação precisão , exemplo de ensinamento, o melhor do automobilismo Brasileiro.

  • Muito bom o programa , deveria ter horas de duração , afinal a conversa com quem tem (e muito) o que contar , qualquer tempo é pouco ! Os dois , fantásticos !!
    Que o Fox Nitro mantenha sempre o nível com que vem presenteando , a quem como nós , goste da história de nosso automobilismo e nossos ídolos ! Só peço mais tempo… eles merecem !