MENU

Monday, 20 de June de 2016 - 12:00F-1

SOBRE ONTEM DE MANHÃ

Motor Racing - Formula One World Championship - European Grand Prix - Race Day - Baku, Azerbaijan

SÃO PAULO (ainda #SomosTodosToyota) – Sempre acontece uma coisinha com a Mercedes. Ontem, foi a história de Hamilton não conseguir fazer o ajuste necessário em seu motor, que não tinha a potência desejada. Rosberg teve o mesmo problema, segundo Toto Wolff. Lewis levou 12 longas voltas para apertar/girar/puxar o botão certo. Hamilton estava andando como se estivesse sem o ERS. O que é o ERS? É uma das bagaças que recuperam energia sei lá de onde e transformam em potência. Acho isso uma insanidade — configurar eletronicamente o troço no meio da corrida. Acho que os motores estão muito complicados. Acho tudo isso um saco. Mas é assim.

Vamos aos ecos de Baku. Como é o eco de Baku?

– O “Piloto do Dia” de ontem foi barbada: Pérez, com o segundo pódio no ano, ambos em pista de rua. Merecido.

– 340,8 km/h foi a maior velocidade atingida na corrida de ontem no “speed trap”, de Hülkenberg. Mas, em outro ponto de medição, Hamilton chegou a 364,4 km/h.

– Um mísero pontinho conseguiu Massa com o décimo lugar, depois de largar em quinto. Diagnóstico? Pneus. O brasileiro não conseguiu lidar com a borracha em Baku.

– Mas trocar pneu bem, atualmente, a Williams troca. Gastaram 1s92 num dos pit stops de Felipe. Uau. Igualaram marca da Red Bull em 2013 com Webber em Austin.

– Rosberguinho fez pole, melhor volta, vitória e liderou todas as voltas da corrida ontem, não? Um Grand Chelem, o segundo dele na carreira — o outro aconteceu neste ano mesmo, em Sochi. Parabéns pra ele.

70 comentários

  1. ms says:

    Hamilton é um pilotaço!!! guiou MUITO no GP de Baku! Vettel ao que tudo indica também parece que está voltando a sua antiga forma…….sua pilotagem nessas últimas corridas tem sido um primor! Rosberg ainda não me convenceu como piloto, anda rápido em algumas corridas por causa do carro que tem nas mãos e fatura aquelas corridas em que Hamilton tem algum problema mecânico ou não está muito inspirado……pelo conjunto da obra ainda continuo apostando em Hamilton como campeão em 2016…..

  2. Gabriel P. says:

    Alguém mais viu no site da F1?
    Transcrição das falas por rádio de pilotos com equipes.
    http://www.formula1.com/content/fom-website/en/latest/features/2016/6/f1-best-race-radio-baku.html

  3. GunneR says:

    Acabei de ver no Grande Prêmio uma declaração do Raikkonen: “Os pneus duraram muito bem, na verdade”. Após isso, espero que a Ferrari faça estratégias mais inteligentes, porque já está ficando meio constrangedor torcer pra essa equipe.

    • Clayton Araujo says:

      Isso mesmo! A Ferrari (que eu não gosto nem um pouco de tudo o que ela faz) deu outra bela cagada. Se não pedisse pra o Kimi diminuir pra dar passagem pro Vettel, ele não perderia tempo, ficaria a mais de 5 segundos a frente de Sérgio Perez,chegaria em segundo e com a punição que iria sofrer, cairia para terceiro e os dois pilotos da Ferrari estariam no Pódio.

  4. Ferrarista says:

    O Perez é piloto de equipe média e comprovou isso quando foi pra McLaren. Se ele for pra Ferrari ou qualquer outra equipe de ponta, será um erro enorme de uma dessas equipes grandes que eventualmente o contratar, pois ele não sabe lidar com pressão.

  5. Alessandro Silva says:

    Esta foi de longe a corrida mais chata, enfadonha, sem graça de que consigo me lembrar. Nada aconteceu! Parecia que todos atrás de Rosberg estavam cagados de medo dos muros, do castelo, da falta de áreas de escape, do velho do saco, do boi da cara preta, sei lá… Não foi uma competição, foi uma exibição. Foi ridículo!
    E esse carros com esses motores complicadíssimos e pneus que não esquentam.
    Eu não gosto de pensar nessas coisas, parece coisa de gente neurótica, mas as vezes eu chego a pensar em manipulação de resultados ou favorecimento. Porque não é possível que um piloto que chega fazendo barba, cabelo e bigode na sexta-feira não reconheça mais o carro no sábado e no domingo tenha um surto de amnésia onde nem sabe mais como acertar o carro na corrida. Claro! eu sei que com certeza não é nada fácil fazer isso, mas como de repente uma coisa que tu sempre faz em outras provas agora tu não sabe mais fazer enquanto todos os outro pilotos estão fazendo.
    É de se pensar.

  6. Cleverson says:

    Com o hat-trick… Rosberg II podia pedir música no Fantástico…

  7. fredy says:

    Talvez seja ignorância de minha parte, mas o problema do Massa definitivamente não é pneu, freio, carro ruim, nada disso. O cara simplesmente não anda. Qual foi a ultima vez que bateu um companheiro de equipe? 2008? Se a imprensa quer manter um piloto brasileiro para não ver cair ainda mais a audiência das corridas, tudo bem, posso entender isso. Mas não venham me dizer que Massa é um bom piloto. Na verdade acho ele um dos mais lentos do grid. ser batido por schumi e alonso ainda seria desculpável (seria, porque na verdade ele não foi batido apenas. foi destruído). Mas levar couro do Bottas não tem justificativa. o pior é que ainda acham desculpas, dizendo que Bottas é um piloto incrível, que os pneus do massa não aquecem ou se desgastam rápido, etc… Bottas não é incrível e os pneus do massa são os mesmos dos outros 21 pilotos do grid.

  8. O Hamilton perdeu tempo em Ajustar o seu Motor porque estava de Cabeça Quente.

  9. Rafael N says:

    E eu perguntei pro Joe Saward (https://joesaward.wordpress.com/) a razão, causa, motivo ou circustância das arquibancadas em Baku estarem tão vazias….

    Ele me respondeu que a culpa era dos ingressos. Nas palavras dele: Wildly Expensive

  10. Macario says:

    E o Pérez, que muita gente dizia estar lá só por causa do apoio de Carlos Slim, vai calando a boca dos críticos. E inclusive mostra que o queridinho da imprensa, Hulkenberg, não é tudo isso. O alemão pegou o 27 sonhando com a Rossa, mas é o mexicano que vai pra Maranello

    • Mônica says:

      Só se for em 2018.

      • Macario says:

        Por que? O Raikkonen não renovou e tá com o filme queimado com a torcida…

      • Alberto says:

        Heresia. Não fale assim do gatão dela.

      • Mônica says:

        Olha só, Vettel vai continuar na Ferrari e como primeiro piloto. A equipe sabe que não tem carro pra deixar seus pilotos disputando na pista. Colocar um piloto de equipe mediana e cheio de gás, vai provocar disputas e isso a Ferrari não quer.
        O meu gatão neste domingo, mostrou que coloca os interesses da equipe em primeiro lugar, ao ceder a posição para Vettel. E também tem feito boas corridas e chegando ao pódio. E isso é tudo o que a Ferrari quer.
        A torcida não pode esquecer que ele ainda é o último campeão pela equipe italiana. Isso conta pontos a favor.

      • Paulo Pinto says:

        Raciocínio correto, Mônica. Resta saber o que a “rossa” ainda espera de Iceman. A Ferrari disse que não tem pressa em acertar com Kimi, e o mesmo já demonstrou que deseja continuar na equipe (fonte statsf1).
        Quanto à torcida, ela não fecha contratos e nem paga salários. E os únicos pontos que contam a favor do piloto, são os que ele fatura a cada corrida.

        Boa sorte na esperada renovação de contrato do seu gatão…

      • Macario says:

        A Ferrari sabe que não tem carro pra ganhar em 2016. Se ela já sabe que não será competitiva em 2017, melhor encostar o cavalinho, porque atestado de incompetência maior do que esse é difícil.
        Bastante discutível afirmar que Raikkonen tem feito boas corridas. Verstappen que o diga. Ceder posição pro companheiro é bom pra estratégia da equipe, mas também pode ser um demonstrativo de final de carreira. Alguém imagina o Iceman dócil assim em seus melhores momentos? E a torcida pode não influenciar nas escolhas da Williams ou da Force India, mas da Ferrari, influencia sim.
        Esperemos. Acredito que em setembro Pérez assina.

      • Mônica says:

        Você não entendeu, Macario. O que eu disse é que a Ferrari não tem carro como a Mercedes, que deixa seus pilotos disputarem sem intervenção da equipe. A Ferrari precisa escolher o seu candidato e investir nele, fazendo o segundo piloto trabalhar nisso também, e isso significa que este segundo piloto não pode atrapalhar o primeiro piloto, querendo também lutar pelo campeonato. Por isso, considero Pérez fora dessa contratação.
        O garotinho está mostrando o quanto pode fazer, coisa que o meu gatão já fez. E como disse o Paulo Pinto mais de uma vez, ele quer dinheiro na caixinha enquanto vai tocando o carro com o talento de sempre.
        A torcida pode ter influência, mas Vettel também tem. E Vettel quer que o companheiro permaneça. E eu também quero.

  11. Valdemir Braga says:

    Felipe Massa é o segundo piloto da Williams; toda a equipe trabalha para o Borttas, que tem o melhor, pneus, estratégia, a força do Totó Wolf e também por ser mais rapido. Para mim, Felipe seria como uma especie de coach para o finlandes, um veterano passando suas experiencias para o team e ele faz bem esse papel testando novas peças, a aerodinamica, as estrategias para serem colocadas no carro de Bottas. Por isso não acho que a equipe o boicota; é o seu trabalho já que ele está em fim de carreira. Como nós brasileiros somos apaixonados pelo esporte, vibramos com Emerson, Piquet e Senna, queremos vitórias, otimos desempenhos, lutas na pista e ele como já fazia o Rubinho jamais poderia falar que é o numero 2 de seu time, sob pena de cair em total descredito, ser taxado de covarde, fraco e sempre fala que vai andar bem, espera bom resultado. Na formula 1 atual, o piloto que é contratado como segundo, dificilmente se livra desse rótulo, a não ser que seja apadrinhado por um mecenas, por uma grande montadora, caia no agrado da equipe ou seja um fenomeno e mesmo assim ainda é dificil.

  12. Ricardo Cardoso says:

    Sobre o Massa acho que é notório que ele não consegue conservar os pneus, a não ser que haja um bom histórico de como fazer isso. Como em Baku tudo era novidade, o que ser viu foi um Massa que desperdiçou os pneus. E não conseguiu avançar mas conseguiu retroceder muito rapidamente e sem muito combate. Ele não sabia como se defender dos outros pilotos. E que durante os treinos livres parecia bem perdido, levando quase 2s do Bottas no FP1 e no FP2.

    Saindo um pouco do #19, no próximo ano as coisas tendem a ser melhores. As equipes já terão mais informações para os ajustes e os pilotos já terão um pouco mais de conhecimento da pista para saber melhor como e onde atacar e como defender. E a organização com certeza não vai permitir que um saco plástico acabe num dos carros. Foi de uma várzea inacreditável pros padrões da F1.

    De resto foi divertido ouvir alguns dos rádios dos pilotos. De longe foram a alegria da corrida.

  13. Fenster Mezonga says:

    ACHO SIMPLESMENTE INDIGNANTE ESSES CARROS COM CONTROLE REMOTO!!!
    UMA DEGRADAÇÃO DA COMPETITIVIDADE ENTRE PILOTOS, GANHA NO FIM QUEM APERTA MELHOR OS BOTOES!!!!! RIDICULO SIMPLISMENTE RIDICULO!!!
    E tem mais, comunicação de piloto equipe deveria se limitar a evitar acidentes, o piloto deveria até mesmo decidir quando trocar os pneus, como magistralmente o fez Herr Sebastian Vettel, agora ficar ligando pra equipe pra saber quando parar, que botao apertar, etc…. é palhaçada pura!!!! O PILOTO DEVE DECIDIR A CONDUÇÃO E A PERFORMANCE DO CARRO E CONSEQUENTEMENTE SUA DURABILIDADE SENÃO TA VIRANDO COISA DE VIDEOGAME, DAQUI UNS DIAS SO IDIOTAS VAO ASSISTIR A F1!!!! E tem mais, porque só pirelli, e porque o fabricante decide que pneu usar, na minha opnião deveria terr no minimo dois fabricantes de pneus que oferecesse a todas as equipes indistintamente ( nem que fosse por sorteio pra elas nao darem pneus diferrenciados) e as equipes e pilotos entao decidissem qual pneu usar, e tambem tirar essa regra idiota de ter que usar dois tipos diferentes, usar o mesmo da classificaçãp, tudo regra idiota!!! lembram quando tinha MICHELIN???!!! AS OUTRAS MARCAS NAO GANHAVAM NADA!!! parece que a pirelli tem medo disso!!!!, outra coisa sao os motores, hoje so temos mercedes competindo de verdade, deveria ser mais flexivel e acessivel, marcas como PORSCHE, BMWK , AUDI, Alfafa Romeu, Peugeot, Ford, Chevrolet, VW, fazem falta!!!!
    A F1 DEVE SER MAIS COMPETITIVA E NAO TER UM REGULAMENTO FEITO SOB ENCOMENDA PARA A MERCEDEZ BENS, POIS SENAO FICA FEIO E CHATO!

  14. GunneR says:

    Gostaria muito de ver o Pérez na Ferrari, porém mais pelo o que aconteceu com ele em 2013, quando foi chutado da McLaren após tumultuar a equipe e não ser o líder que esperavam, do que pela sua suposta qualidade excepcional. Pra mim, o mexicano é um bom piloto que, às vezes, faz boas corridas. Só isso.

  15. miltonjr says:

    O Mexicano fez um otimo trabalho!!
    Mas poderia ter feito uma singela homenagem ao Prof. Girafales!! Nao acham?!!

  16. Celio ferreira says:

    Numa corrida que tinha tudo para dar merda , não aconteceu nada demais,
    acho que na reunião dos pilotos, combinaram ninguem forçar ninguem,
    e deu noque deu …..marasmo …

  17. GARLET says:

    Pensando um pouco, depois da batida entre os Mercênicos na Espanha, a equipe manifestou desejo de lidar com a situação. Pois bem . Coincidência ou não, os dois carros, nunca estão bem, disputando 1o. e 2o. Note. Quem me garante, quem me garante que a propria mercedes não pode “sabotar” um carro do próprio box , no meio da corrida, como se fosse um carrinho de controle remoto? Eu não ponho minha mão no fogo. O fato que vai ser campeão mundial quem eles decidirem, porque como vimos, o piloto fica completamente perdido nos ajustes do carro.

  18. Paulo Pinto says:

    O nosso “Massa Falida”, no passado recente, culpava as más trocas de pneus pela perda de tempo e posições durante a corrida. Em Baku, a Williams fez uma troca relâmpago em seu carro.e assim mesmo, ele perdeu tempo e posições.
    E agora, a quem culpar?

  19. Gabriel P. says:

    Corrida razoável, nem tanto pela mesma em si, mas pelas expectativas de que fosse muito mais aguerrida com os pilotos tendo dificuldades.
    Parece que todos ficaram com medo e poucos se arriscaram a alguma coisa.
    Quanto ao Massa parece que já deu, ou é muito azarado, já que seu carro sempre tem problemas, ou não tem mais condições e ponto.
    Que Max Verstappen parece ser um bom piloto todos concordam, o fato e azar dele é ter chegado na F1 em hora errada, Ou seja, tem que superar as Mercedes, o Hamilton, o Vettel e quiçá o Ricciardo. Não vai.

  20. Tales Guimarães says:

    Faz-se necessário um elevado nível de retardamento para alguém continuar aceitando as infinitas desculpas do Massa. O ritmo de corrida dele faz tempo que é abaixo da crítica. E ele não é capaz de ultrapassar ninguém em condições normais.

  21. Giuliano SPFC says:

    Só corrigindo meu comentário anterior…a Reta da Floresta era em Hockenheim e não em Nurburgring.

  22. Bruno Mantovanelli says:

    Na minha opinião quem ganha um Grand Chelem deveria ser o piloto do dia. Não importa se ele tem o melhor carro, pois existe outro carro igual ao dele na corrida, pilotado por um tri campeão mundial.

  23. Wilson Hsie says:

    Olá FG! Você comentou sobre mudar a configuração do motor durante a corrida, mas isso não é de hoje. Lembro de um post seu de 2011 onde você fala que o Schumacher fez isso 8 vezes numa volta de classificação!

    • João says:

      Nao era bem de motor…era diferencial e/ou balanço de freios…na época dos aspirados não tinha toda essa frescura.

      • GARLET says:

        Barrichello admitiu que não conseguia fazer isso, e nesse ponto admirava o Schummy……….eu vi ele dizendo……..numa entrevista .

      • Wilson Hsie says:

        Isso mesmo, João, mas ainda assim trata-se de ajustes que são feitos durante a corrida. Tem uma reportagem bem legal que o Emerson Fittipaldi pilotou a Ferrari do Schumacher e usou a expressão “bunda de veludo” para resumir que, apesar de toda tecnologia e botões, ainda assim o piloto tinha um papel importante.

        Sobre ser frescura ou não, é um ponto de vista, mas a Fórmula 1 sempre foi o ápice da tecnologia e inovação. Sempre que algo novo aparece alguém irá preferir o modelo antigo, assim como o câmbio era manual e a borboleta atrás do volante apareceu. Hoje quando um carro automático não tem borboleta atrás do volante sofre uma enxurrada de críticas e por aí vai…

  24. Andre says:

    Uma das piores corridas que já assisti. Decepcionante.
    Na F1 atual tudo depende do carro, dos pneus. Piloto apenas precisa se preocupar em não bater.

    • João says:

      Discordo. Se fosse assim não haveria diferença entre companheiros de equipe. Sapattos largou em oitavo e chegou em sexto. Amassa largou em sexto e chegou em décimo.

  25. Giuliano SPFC says:

    Eu gostei dessa corrida, as longas retas proporcionaram ultrapassagens interessantes, e ninguém conseguia se “esconder”, quem tinha carro melhor conseguia se aproximar abrir a asa passar…pode não ter sido aquela corrida!!!, mas muito melhor do que algumas pistas monótonas como Hungria, Barcelona, que o sujeito tem carro bom, mas não consegue passar porque a reta acaba, e fica 25,30 voltas tentando e você sabe que dificilmente vai conseguir passar na pista, aliás, esse é um dos muito problemas da F1, os carros evoluíram absurdamente nesses últimos 20,25 anos, e os traçados dos circuítos continuam os mesmos de 30,40 anos atrás!!!, e quando mudam é pra pior…quem não se lembra da famosa Reta da Floresta de Nurburgring que foi podada sem dó….

    • Fenster Mezonga says:

      Isso mesmo, essa é a melhor pistas pros carros correrem, SIMPLESMENTE ISSO!, as outras só formam “tranzinhos” SAO CHATISSIMAS,
      welldone Baku For Sure !!!!
      Abraços

  26. João Ferreira says:

    Como se reseta um carro de formula 1 ? É só apertar Control+Alt+Del???

    Pois o Hamilton ficou todo atrapalhado e podia até causar um acidente se pudesse fazer isso no carro pelo jeito….

    Será que não podiam padronizar este procedimentos nos carros, por segurança, sendo mais fácil resetar um carro?

    • Fernando says:

      Ponto importante: segurança, isso pode mesmo ser perigoso se acontecer, por exemplo, na primeira volta de uma corrida, com o líder em uma curva de alta, todo o pelotão embolado, caso ele se atrapalhe e largue com a configuração errada e tente consertar depois. Pode acontecer um acidente perigoso. Estranhamente esta acontecendo mais com as Mercedes, o melhor carro.

      • Ricardo Cardoso says:

        Mas não foi mais ou menos isso que aconteceu no GP da Espanha?

      • Fernando says:

        Sim Ricardo, de certa forma foi isso sim, mas imagine a mesma situação em Spa, na Eau Rouge, independente do caso da Espanha, sem levar em consideração a “fechada de porta” e a tentativa de “ultrapassagem arriscada”. Muito perigoso.

      • André Fonseca says:

        Foi exatamente isso que aconteceu com a Rosdiva em Barcelona…

        Ou algo parecido, que precisava ser alterado para o motor despejar toda a potência!!!

      • Cranio says:

        Exatamente… O Rosberg manteve o volante pra direita enquanto estava mexendo nos botões…

  27. luigi says:

    Caro Flavio , você sabe disto ; temperatura do pneu durante a corrida depende da dinâmica do carro ,da geometria da suspensão e pressão aerodinâmica exercida através dos ajustes de asas e muito pouco ou quase nada do piloto ,durante a prova então se a geometria e os ajustes de asa feitos não favorecem ao funcionamento ideal do pneu o problema é pré prova e não durante a prova e um piloto com tanto tempo na F 1 ,já deveria saber como contornar um problema como este .Para mim esta desculpa de aquecimento de pneu é uma das mais furadas que já inventaram na mídia protetiva para pilotos brasileiros ,como que Bottas com carro de mesmo projeto ,não tem estes problemas ,dinamicamente os carros são iguais ,o que pode diferir são os ajustes para um ou outro piloto e só .

  28. Gus says:

    Massa não sabe lidar com os pneus? Naturalmente, ele é tido há anos como rápido, arrojado (???) e esse estilo consome pneus…

  29. Gus says:

    Juro que vi nos primeiros quinze minutos de corrida (ainda estava acordado), uma ultrapassagem – DRS aberto – que acusou 365 km/h no final da reta, mas o tanso do narrador não se ligou e aparentemente nenhum outro comentarista alertou do fato. Mas eu vi!

  30. Marques says:

    Hamitlon atingiu 364 Km/h durante a corrida. O speed trap era bem antes por isso apareceu esse 340… E sobre o problema nos carros da Mercedes, o próprio time assumiu que cometeu um erro no mapeamento do motor, e que eles puderam avisar o Rosberg sobre isso e o Hamilton não (até pq no caso do inglês eles não souberam identificar o problema rapidamente):

    “But a Mercedes source told Auto Motor und Sport on Monday: “It was our fault. We had incorrectly calibrated the maps.”

    Senior engineer Andy Shovlin confirmed: “Even we needed a couple of laps to understand what was going on and how to resolve it.”

    So Lauda now says: “Lewis was in the middle of battle and had a lot more pressure to find the right switch than Nico did.”

    Not only that, Rosberg’s fix was made easier because he actually changed a setting, and was fairly immediately told by Mercedes that something was wrong.

    “The FIA allowed us to tell him that something was wrong,” Mercedes confirmed. “It was therefore easy for him to conclude that he should go back to the old mode.”

    Team boss Toto Wolff said: “It would be unfair to compare the drivers like that.

    “Nico did a good job, but he got the information that helped him quickly, while Lewis did not.” “

  31. Ulisses says:

    Foi um GP interessante, essa pista de alta no meio dessa cidade bonita!!!!
    Achei estranho todos aqueles prédios neoclássicos na beira da pista estarem com as sacadas e janelas vazias.

  32. Fernando says:

    A Williams twitou 378 kph com Bottas nos treinos, informação da própria telemetria.

    https://twitter.com/WilliamsRacing/status/744469234693046272/photo/1

  33. Murillo says:

    O Rosberg é melhor do que muita gente pensa.
    O ser humano tem um grava defeito de desvalorizar um para por exaltar outro, este é um claro exemplo.
    Nico talvez não seja um ‘fenomeno” como Hamilton, mas é melhor do que muitos pilotos que já foram campeões do mundo.
    Talvez ele nunca seja campeão do mundo(tem grandes chances este ano), mas fez grande trabalho na Williams (quando esta tinha um carro sofrível), além de ter contribuído muito para o desenvolvimento da Mercedes (antes desta ter se tornado a melhor equipe da F1).
    Pra mim Rosberg é Quarto melhor piloto em atividade na F1, depois de Hamilton/Alonso/Vettel (que pra mim são fenomenos).

  34. Brabham-5 says:

    A melhor coisa dessa corrida foi a conversa via rádio entre Raikkonen e a Ferrari.
    Lugar muto bonito, mas uma pista que deixa a corrida chata pra cacete.
    (E que VÁRZEA um saco de lixo grande daqueles na pista em plena reta dos boxes!)

  35. Alemão says:

    O que adianta a Williams bater o record nos Pit stops e o Massa largar em quinto e chegar em décimo! Aposenta logo! Bottas tá botando no bolso!
    Perez na Ferrari seria bom, mas a Ferrari não tem coragem…pois o mexicano vai ameaçar o Vettelzinho!

  36. EduardoRS says:

    Não sou nem um pouco contra o uso de eletrônica nos motores. Até porque todos os carros de rua hoje tem um computador embaixo do capô.
    O que é absurdo é a quantidade de ajustes que o piloto precisa fazer durante a corrida. O cara tem que ter graduação em Engenharia de Sistemas pra pilotar um carro. Eu acho que a equipe deveria configurar toda a bagaça antes da largada, e depois deu, ninguém mais mexe. No máximo permitir ajustes de pressão no turbo ou de mistura de combustível durante a prova. Se der pane, azar – carros de corrida quebram (ou deveriam quebrar). Proibir qualquer intervenção de piloto ou equipe nos softwares durante a prova, e proibir comunicação de rádio, que é um pé no saco também.

  37. Mentecapto says:

    Flavio, há a medição que a FIA chama de “Speed Trap”, onde realmente a melhor marca foi do Hulkenberg com 340,8, mas tem outra que a FIA chama de “Maximum Speeds”, com medições na intermediaria 1, 2 e “finish line”, nesta última o Hamilton atingiu 364,4 Km/h, portanto a maior velocidade da corrida.

    Abraço!

  38. Jean says:

    340,8 km/h?
    Nem na telemetria que aparece na TV dá para acreditar… várias vezes a velocidade de alguns carros passou de 350 km/h naquele infográfico animado…

    Quanto ao Enceradeira, minha esposa já fez o comentário perfeito: “não passou da hora de ele se aposentar, não?”.

  39. Zano says:

    Nasr fez um boa corrida ontem chegando em 12º. Tendo o pior carro do campeonato, foi um grande feito.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *