SOBRE ONTEM DE MANHÃ

S

RIO (estilo é tudo) – O abraço carinhoso de Hamilton em seu pai, depois do GP de Portugal, está eternizado. Mas tem também uma outra foto carregada de ternura que gostaria de destacar neste “day after” da corrida em que o inglês bateu o recorde de vitórias na F-1, status que ficou nas mãos de Michael Schumacher de 2001 até ontem. O número mágico de 91 vitórias foi alcançado pelo alemão na China em 2006. Mas ele se manteve como recordista desde a 52ª, na Bélgica, em 2001 — quando superou o então recordista Alain Prost.

A foto acima foi tirada de tardezinha, depois do tradicional registro com todos os integrantes que as equipes fazem após vitórias em GPs. Para aparecer junto de sua turma em Portimão, Lewis fez questão de buscar Roscoe, seu cãozinho, com quem tem dividido dias e noites no motorhome que vem usando nos autódromos. Quem não gosta de cachorro nem gente é!

O GP de Portugal de 2020 já está na história por ter sido o do recorde. Mas fica a pergunta: até onde irão os números de Hamilton? Eu acho que ele bate nas 100 poles nesta temporada, ainda. As 100 vitórias, no ano que vem. Tenho dó dos que tentarem superar essas marcas, no futuro. Não será nada fácil, não.

Dupla imbatível: Hamilton e Mercedes, fábrica de recordes

Bem, este rescaldão é dedicado aos temas que acabaram passando batidos no fim de semana, então vamos atualizar logo de cara algumas coisas.

  • Vocês viram que o pai de Vitaly Petrov foi assassinado? História mais doida, sô! Petrov voltou ao noticiário por ter sido escalado como comissário esportivo do GP de Portugal. A escolha foi muito criticada por Hamilton, porque o piloto russo andou falando umas merdas aí sobre racismo e preconceito.
  • O crime aconteceu no sábado. Petrov, obviamente, não ficou no Algarve para a corrida.
  • Esqueci de falar ontem que Hamilton reclamou de cãibras durante a prova. Disse que teve de tirar o pé no fim da reta algumas vezes, para combater a dor.
  • Na hora, anotei no meu bloquinho: “É no maxilar, de tanto dar risada do Bottas”. Pura maldade.
  • Hülkenberg estava no Algarve para trabalhar na TV. Quem o viu garante que tinha levado um capacete. Just in case. Acabou não precisando.
  • A AlphaTauri completou nove corridas seguidas nos pontos. Gasly já somou, em 12 etapas, 63. O mesmo que fez pela Red Bull no ano passado, também em 12 etapas.
  • A Red Bull abusou nos pit stops. Fez dois abaixo de 2s, um no carro de Albon (1s86) e um no de Verstappen (1s96). O segundo de Albon também foi bom (2s1). Ou seja: em 5s92, foram trocados 12 pneus.

A FRASE DE PORTIMÃO

Mattia Binotto: punhalada em Vettel

Espero que Sebastian possa se classificar melhor em Imola e mostrar do que é capaz na corrida. Charles é muito bom. Mas esperávamos um pouco mais do segundo piloto.

O “segundo piloto” é Vettel, como todos podem imaginar. A alfinetada do chefe da Ferrari, Mattia Binotto, doeu no alemão. E veio em resposta às entrevistas que ele deu depois da corrida. Sebastian terminou em décimo. Charlinho, em quarto. “É óbvio que o outro carro é mais rápido que o meu nos trechos onde perco tempo. Qualquer idiota consegue ver isso na telemetria, e eu não sou um idiota. Do outro lado tudo parece mais fácil”, disse o alemão assim que terminou a prova. Então veio a espetada.

O clima não é bom. Vettel não vê a hora de terminar este campeonato.

Voltemos a Hamilton, o recordista. Na pena do nosso Marcelo Masili, o cara que foi aplaudido por todos seus antecessores domingo. Todos aqueles que superou e que, ao mesmo tempo, admira e respeita.

Seu pai, Anthony, acabou sendo um dos personagens do fim de semana, e o abraço no filho ao final da corrida foi dos momentos mais comoventes do ano. Depois, foi corujar o filho descendo o dedo na câmera de seu tablet. Abaixo, algumas das imagens que também ficarão para a posteridade. Um pai e seu filho. Nada mais.

Ah, pode ser mais uma pequena galeria com abraços e festa? Pode, né? O cara merece.

Tem abraço com o engenheiro, o famoso Bono — ex de Schumacher na Mercedes, com Lewis desde o início no time –, abraço com Bottas, banho de champanhe de Verstappen e o carinho no carro, que muitas vezes a gente negligencia nessas horas. Que automóvel esse W11, putz.

Ah, vale a menção: Bottas chegou 25s592 atrás de Hamilton. Sim, é um grande automóvel, o W11. Mas nas mãos de Lewis, é mais.

O NÚMERO DE PORTUGAL

…vitórias. Não dava para ser outro, né? Noventa e duas vitórias, a primeira delas no Canadá em 2007, seu ano de estreia, pela McLaren. Foram 21 pela equipe inglesa, sempre com motores Mercedes. As outras 71, defendendo o time alemão, onde está desde 2013. Hamilton ganhou corridas em todas as temporadas que disputou. A pior foi justamente a da estreia pela Mercedes, em 2013, com apenas um triunfo — no GP da Hungria.

Acho que não faltou mais nada sobre a corrida. Mas vale, de novo, celebrar a volta de Portugal ao calendário e reforçar a torcida para que essa etapa permaneça no calendário. Dizem que a Liberty quer 30 milhões de euros dos promotores. Não sei se vai ser fácil arrumar essa grana num país pequeno, de mercado restrito — que vai bem economicamente, mas não rasga dinheiro. 

Para fechar, falta apenas o nosso tradicional termômetro de cada GP.

GOSTAMOS

Kimi: fenomenal

…da fenomenal largada de <<< Kimi Raikkonen, que só pelo que fez na primeira volta no Algarve já merece ser confirmado pela Alfa Romeo no ano que vem. Se você não viu, está aqui. Veja, reveja, veja de novo e fique admirando, o tempo que for preciso, a pilotagem de um veterano extra-classe.

NÃO GOSTAMOS

Stroll: excesso de bobagens

…das barbeiragens de Lance Stroll >>>, que nos treinos se enroscou em Verstappen e, na corrida, tentou passar Norris pelo lado errado e estragou a corrida de ambos. Esse moço, de vez em quando, surta.

Sobre o Autor

Flavio Gomes

Flavio Gomes é jornalista, mas gosta mesmo é de dirigir (e pilotar) carros antigos.

49 Comentários

  • HAMILTOM MERECE TODO O SUCESSO. NA SUA ESTREIA, NA AUSTRÁLIA JÁ ASSUSTOU ALONSO, ABRINDO UMA DIFERENÇA!! JÁ MOSTROU Q ERA BOM LOGO DE CARA
    FALO ISSO, MAS TORÇO PELO SUCESSO DO ALONSO ANO Q VEM!
    E O MASSA, COITADO, NÃO SE CONFORMA COM A SURRA QUE TOMOU DO ALONSO, E QQ OPORTUNIDADE, DÁ UMA CUTUCADA NO ESPANHOL. DISSE QUE HAMILTON BATEU ALONSO NA ESTREIA… BATEU MESMO, POR MUITO POUCO, MAS DEU CANSEIRA NO ESPANHOL! PARECE O ROSBERG FALANDO DO HAMILTON

  • Flávio, saudações!

    A primeira volta desse GP não é o argumento definitivo para o banimento dos cobertores de pneus? Os pilotos que conseguem administrar a temperatura sem esses artifícios (como Raikkonen) fizeram uma primeira volta maravilhosa, contra os ensaboados de pneus frios. Sem os cobertores as corridas não ficariam mais interessantes?

  • O Hamilton se encontra em outro Planeta anulando completamente o Bottas, continuando desse jeito vai ser possível do Hamilton começar a enxergar o Decacampeonato de binóculo em breve.
    Mattia Binotto reclama do Vettel que na verdade está fora de sintonia com a Ferrari, mas antes o Binotto deveria olhar para si próprio porque não vai durar muito na Ferrari se não tirar ela do baixo rendimento em determinado prazo.
    12o pódio para o trio Bottas/Hamilton/Verstappen, também já virou rotina.
    Gostamos: Kimi Raikkonen teve sua largada fenomenal e nem pontuou chegando em décimo primeiro, essa é a realidade da Alfa Romeo Ferrari que é de comer poeira.
    Não Gostamos: Lance Stroll é um piloto irregular de lua sendo que no seu dia ele chega até a correr bem, mas quando não é o seu dia se mostra um mau piloto fazendo até lambança.

    • O ex-melhor primeira volta foi Schumacher que também ultrapassou 10 carros, ou algo próximo disso. Este de quem você está a tentar falar mal sabe-se lá porque teve este “recorde” batido a muito tempo, “recorde” de 1993, outra era, você já era nascido em 1993? Não vamos ser viúvas mas também não vamos ser chatos.

  • Na Série A, temos apenas Mercedes e Red Bull.

    Na Série B da F-1, no campeonato de construtores, a Ferrari está atrás da Racing Point, McLaren e Renault.

    Qualquer criança com 5 anos de idade já sabe que a única coisa que importa na Ferrari é a equipe, e não a pontuação de pilotos. Por que a Ferrari iria sabotar o carro do Vettel, se o objetivo nº 1 é sempre conseguir o maior número de pontos no campeonato de construtores?

    A maioria dos leitores desse blog não admite o óbvio ululante: atualmente, Leclerc é muito melhor que o Vettel.

    • Coloca Leclerc e Vettel na Red Bull de 2010 e Vettel iria ser muito mais rápido. São carros totalmente diferentes, estilo de pilotagens diferentes e não tem como uma equipe fazer um carro que agrade ambos pilotos, ou um meio termo. Ache essa a melhor definição até agora:
      “Desde que Leclerc e Vettel trabalharam juntos, é de conhecimento geral que eles têm estilos de pilotagem bastante diferentes.
      Vettel é um piloto que prospera quando a traseira do carro é bem feita: o que explica por que ele era tão bom na era do difusor estourado da F1. Ele se destaca quando tem fé que a parte traseira do carro irá colaborar na performance, pois isso permite que ele aproveite seu desejo de simplesmente frear tarde, virar o carro, apontar para a saída e ir embora.
      A falta de estabilidade, especialmente na frenagem ou na fase de saída, com os atuais carros superpesados de F1, prejudica Vettel mais do que outros pilotos.
      Leclerc, por outro lado, é muito mais tradicional e adaptável. Ele pode pilotar um carro como Max Verstappen, contornando inconsistências no manuseio. Ele também aprendeu em sua campanha inicial a aproveitar melhor as características de saída de frente que as modernas máquinas de F1 têm.
      Ter tal diferença de estilo entre dois pilotos dá a uma equipe duas opções: ou tentar encontrar um compromisso que se adapte a ambos, ou seguir uma direção que se adapte melhor a um deles.
      Portanto, se você é uma equipe em que um de seus pilotos é a chave para seu futuro e um deles está indo embora, é lógico que sua atenção se voltará em uma direção.
      Na noite de domingo em Portugal, Leclerc deu uma resposta interessante quando questionado sobre a sua opinião sobre o pacote de atualizações que a equipe introduziu nas últimas três corridas.
      “Sinto-me bastante confortável com o carro neste momento”, disse ele. “Trouxemos algumas atualizações, mas elas sempre foram na direção certa para o meu estilo de pilotar. E isso me ajudou a ter um melhor desempenho nas pistas”.
      Isso pode muito bem ser a melhor resposta para o que está acontecendo na Ferrari agora: que o carro foi desenvolvido em uma direção que se adapta perfeitamente a Leclerc porque ele é visto como o futuro da equipe, então faz todo o sentido para suas ambições para 2022.”
      Lembre que nas primeiras 3 corridas do ano, estava 2 a 1 em classificações para Vettel, porém de repente o carro mudou bastante para agradar mais Leclerc e a diferença ´só aumenta.

  • 1. Portimão um lindo autódromo, pista e paisagem, merece continuar na F1.
    2. Hamilton exuberante. Toda a maestria e o talento para quebrar o recorde de vitórias de Schumacher. Administrou os pneus, soube ler e entender as condições da pista para na hora certa reassumir a liderança da prova, e vencer com uma vantagem de 25 s. Hamilton + Mercedes um binômio que beira a perfeição.
    3. Até quando a FIA e a Red Bull ficarão passando pano para Verstappen? Dois incidentes, um durante os treinos, outro durante a corrida e sequer uma advertência. Fora os comentários extremamente ofensivos após o entreveiro com Stroll. Mas há precedentes no caso do holandês. Basta relembrarmos a colisão com Ocon no GP Brasil de 2018. E a maneira ofensiva como ele tratou Ocon na coletiva para o GP de Abu Dhabi duas semanas após.
    4. Ferrari diz que não, mas alguém dúvida que Leclerc está sendo favorecido na equipe italiana? Ainda mais depois das palavras do Binotto. Vergonhosa maneira como a Ferrari está tratando Vettel.
    5. Gasly mais uma vez mostra seu talento e, como fez bem a vitória em Monza. Pena que não terá qualquer chance na Red Bull. Talvez o melhor para o francês seria uma mudança de ares.
    6. E o moedor de carne Marko-Horner vai destruindo mais um piloto. Quantos mais?
    7. Ótimo ver Raikkonen combativo e competitivo. Entre as voltas 27 e 33 um duelo bem interessante com Sainz. Particularmente a volta 33.

  • Tudo dito.

    Os números do ano que vem serão “100” e “8”.

    Pode jogar na “milhar combinada” que tá no papo.

    Obs.: Não há como não esperar o Hamilton superando as 100 Vitorias e colocando a mão em mais um Titulo Mundial. A poucos anos atras a Mercedes tinha o melhor motor e a RedBull o melhor carro… hoje a Mercedes tem o melhor motor, carro e piloto… chega a ser uma barbada em um regulamento que não será tão diferente assim.

  • Prezado F&G: L.Hamilton, tem mais que festejar, tem que celebrar, e o fez com o Pai e o cãozinho, mas outras palavras devem ser analisadas”( Sic), acho que não fico mais três temporadas……”. Não precisa provar mais nada nesse mundo, não tem como comparar seu feito, seus resultados, seus números. A pergunta é incrível ainda não renovou com a Mercedes-Benz, será que corre em 2021 e fecha o ciclo em 2022.Será que vai para FERRARI? , ou volta para encerrar na Maclaren . O sonho seria Max V. e L. Hamilton na mesma equipe , e assim poderíamos lembrar de Prost & Senna. Seria sim um grande espetáculo.

  • Boa tarde. E o calendário provisório de 2021 com o GP do Brasil no Rio de Janeiro. Essa Liberty está de brincadeira. Vão fazer o autódromo em menos de um ano kkk. Se Deus quiser nem vai sair do papel. O mundo realmente está de ponta cabeça.

  • Hamilton é espetacular!

    Incrível ver ele batendo o recorde que achávamos que seria impossível de ser batido.

    Legal ver que ele amadureceu muito nesses últimos anos.
    Parabéns a ele, e que continue vencendo nas pistas, e na vida.

  • O Vettel só está cumprindo tabela. Eu faria o mesmo. Já em 2019 o carro foi modificado para LECLERC. O que acontece, sendo bem racional, é que, na minha opinião dificilmente LECLERC repete 2 segundos lugares no campeonato , que Vettel conseguiu na Ferrari. O buraco aumentou entre Mercedes, Ferrari e Red Bull. E o pior, LECLERC nem sequer conseguiu bater Verstappen, levou a pior em todas as disputas bate roda até agora. Ficou claro quem é o macho alfa entre os 2. Vettel teve uma forcinha do Toto Wolf para entrar na Racing Point, e obviamente a Ferrari vai fazer de tudo para que ele não leve nada pra lá. A vingança vem ano que vem. E fico muito curioso qual o posicionamento de SAINZ como segundo piloto ano que vem. Ele não tem nada a perder. É jovem, tem talento. Se as Ferraris são iguais (claro que não mas vamos sonhar), vai infernizar LECLERC. Ao meu ver essa FERRARI “do Binotto” não vai decolar. Vai é cair feito um ZEPPELIN DE CHUMBO. E o Schumacher filho? Chegando aí, excelente na F2, provavelmente em 2022 na equipe principal Ferrari. Então isso complica mais ainda para o LECLERC. Pra mim, desde o início sempre notei que o objetivo do LECLERC era vencer Vettel e se tornar o titular da equipe. Até aí foi. Agora falta vencer os reais adversários, das outras equipes. Aí nem começou ainda.

    • Cedo para fazer prognóstico sobre Leclerc x Sainz. Não sabemos ainda quais as condições da equipe.

      Sobre Mick Schumacher, também mantenho cautela. Carrega um sobrenome pra lá de pesado, mas a maior parte dos herdeiros ou fracassou ou tiveram conquista bem mais tímidas do que seus antepassados. O tio de Mick, Ralf, era bom piloto, mas não chegava aos pés do hepta. E F2 é uma coisa, F1 é outra história. Vamos aguardar para ver cono Mick escreverá sua história.

    • Pois é.. quem ainda insiste em duvidar que os carros de Vettel e do Leclerc nem de longe são iguais, ou faz por pura viuvice ou simplesmente por não ter e mínima ideia de como funciona o “ambiente” na Ferrai para os pilotos que se desligam da equipe….

  • Em 2021 Hamilton estará no melhor carro pelo oitavo ano consecutivo, algo sem precedentes na história de qualquer esporte motorizado de elite, tendo a real possibilidade de duplicar perfeitamente os feitos de Vettel que teve a metade da supremacia técnica (4 anos e 53 vitórias). Este, a exemplo do inglês, dominou completamente o seu colega de equipe quando a equipe era a melhor, e é interessante ver como a história é repetitiva em épocas de extensas hegemonias, um fenômeno relativamente recente já que os carros têm uma resistência absurda.
    As cem vitórias cairão rápido em 2021, é apenas questão de tempo para essa barreira ser superada. Ainda bem que é com o Hamilton, imaginem a marra do Max fosse ele o dono de tantas graças – rsrsrsrs

  • Se a Force Point quiser passar de hobby de gente rica pra candidata ao título de construtores, vai precisar trocar o Stroll mesmo sendo o filho do dono. O Pérez continua levando a equipe nas costas, e até Hülkenberg semi-aposentado faz mais pontos que ele

  • Grande Flávio!
    Faltou, neste e no texto anterior, falar da diferença entre o P1 e o P2, 25 segundos!
    É muita coisa para pilotos da mesma equipe, mas quando se fala de Lewis talvez seja normal e nem mereça destaque.
    Forte abraço.

  • Azedou de vez o clima entre Vettel e Ferrari. Não sou afeito a teorias conspiratórias e Vettel já demonstrou em seu último ano de Red Bull que quando perde a motivação, seu rendimento cai bastante. Junte isso a um carro pouco competitivo e a notória atenção a equipe dá para Leclerc e está explicado o mau clima.

  • Flavinho, boa noite! Aproveitando seu comentário sobre a dupla Hamilton+W11, qual seria seu ranking sobre estas duplas abaixo?

    Hamilton & W11
    Mansell & FW14B
    Schumacher & F2002
    Vettel & RBR7
    Senna & MP4-4

    A minha é: Schumacher & F2002, seguido por Hamilton, Senna, Mansell e Vettel.

    E se fosse pra eleger as top 5 duplas piloto-carro de todos os tempos?

    Abraços

  • A pista de Portimão é linda, curvas cegas, sobe e desce, tomadas das câmera espetaculares, paisagem ao fundo idem. Corrida boa, adorei as patinadas de pneu frio no início. Gostaria muito de ver essa pista no calendário fixo.

  • Grande parte da midia viúva do melhor piloto de todos os tempos da mclaren de 88 90 e 91 fez questão de tentar vincular o nome do decujus no feito histórico de amilton.
    Era o idolo de amilton, era o mito de amilton, era o oráculo de amilton…
    Finalmente, um comentarista q não gravei o nome soltou o óbvio uluante:
    Amilton deve MUITO MAIS a LAUDA e SCHUMACHER, os verdadeiros e grandes gurus de luis carlos, q o bancaram para valer.
    Muito ascosa essa “midia viúva”

    Nota – quando senna morreu, amilton mal tinha 9 anos,
    A ALMA de SENNA nem consegue descansar em paz – ABUTRES!

      • Eu só tenho uma personalidade. Esse cara acima de você é alguém que conta as mesmas piadas que contava no recreio da segunda série. Ele se acha engraçado, descolado, irônico. Acha que faz todo mundo rir aqui.

        Eu só o ignoro, mas ele continua insistindo em chamar minha atenção. Toda sua frustração o faz querer palco de qualquer maneira. E o pior de tudo é que temos um amigo em comum e eu sei quem ele ´´e na vida real. E posso te garantir que, sem nenhuma dúvida, que é um coitado.

      • E quer saber, seu Bola? Eu tenho, junto com esse cara, um amigo em comum e sei quem ele é na vida real, mas como eu vivo na Matrix, jamais saberei se ele é real ou foi um delírio de viúva…

Por Flavio Gomes

Perfil


Flavio Gomes é jornalista, dublê de piloto, escritor e professor de Jornalismo. Por atuar em jornais, revistas, rádio, TV e internet, se encaixa no perfil do que se convencionou chamar de multimídia. “Um multimídia de araque”, diz ele. “Porque no fundo eu faço a mesma coisa em todo lugar: falo e escrevo.” Sua carreira começou em 1982 no extinto jornal esportivo “Popular da Tarde”. Passou pela “Folha de S.Paulo”, revistas “Placar”, "Quatro Rodas Clássicos" e “ESPN”, rádios Cultura, USP, Jovem Pan, Bandeirantes, Eldorado-ESPN e Estadão ESPN — as duas últimas entre 2007 e 2012, quando a emissora foi extinta. Foi colunista e repórter do “Lance!” de 1997 a 2010. Sua agência Warm Up fez a cobertura do Mundial de F-1 para mais de 120 jornais entre 1995 e 2011. De maio de 2005 a setembro de 2013 foi comentarista, apresentador e repórter da ESPN Brasil, apresentador e repórter da Rádio ESPN e da programação esportiva da rádio Capital AM de São Paulo. Em janeiro de 2014 passou a ser comentarista, repórter e apresentador dos canais Fox Sports no Brasil. Na internet, criou o site “Warm Up” em 1996, que passou a se chamar “Grande Prêmio” no final de 1999, quando iniciou parceria com o iG que terminou em 2012. Em março daquele ano, o site foi transferido para o portal MSN, da Microsoft, onde permaneceu até outubro de 2014. Na sequência, o "Grande Prêmio" passou a ser parceiro do UOL até maio de 2019, quando se uniu ao Terra por um ano para, depois, alçar voo solo. Em novembro de 2015, Gomes voltou ao rádio para apresentar o "Esporte de Primeira" na Transamérica, onde ficou até o início de março de 2016. Em 2005, publicou “O Boto do Reno” pela editora LetraDelta. No final do mesmo ano, colocou este blog no ar. Desde 1992, escreve o anuário "AutoMotor Esporte", editado pelo global Reginaldo Leme. Ganhou quatro vezes o Prêmio Aceesp nas categorias repórter e apresentador de rádio e melhor blog esportivo. Tem também um romance publicado, "Dois cigarros", pela Gulliver (2018), e o livro de crônicas "Gerd, der Trabi" (Gulliver, 2019). É torcedor da Portuguesa, daqueles de arquibancada, e quando fala de carros começa sempre por sua verdadeira paixão: os DKWs e Volkswagens de sua pequena coleção, além de outras coisinhas fabricadas no Leste Europeu. É com eles que roda pelas ruas de São Paulo e do Rio, para onde se mudou em junho de 2017. Nas pistas, pilotou de 2003 a 2008 o intrépido DKW #96, que tinha até fã-clube (o carro, não o piloto). Por fim, tem uma estranha obsessão por veículos soviéticos. “A Lada foi a melhor marca que já passou pelo Brasil”, garante. Por isso, trocou, nas pistas, o DKW por um Laika batizado pelos blogueiros de Meianov. O carrinho se aposentou temporariamente no início de 2015, dando o lugar a um moderníssimo Voyage 1989. Este, por sua vez, mudou de dono em 2019 para permitir a volta do Meianov à ativa no começo de 2020.
ASSINE O RSS

Categorias

Arquivos

TAGS MAIS USADAS

Facebook

DIÁRIO DO BLOG

outubro 2020
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031