MENU

segunda-feira, 25 de outubro de 2010 - 16:24Brasil

JECA 2 – A MISSÃO

SÃO PAULO (os tempos mudaram) – Abaixo, release que recebi sobre o lançamento de um prédio no “Tatuapé Nobre”. “Empreendimento de alto padrão”, diz o texto. O nome do edifício é uma tristeza… Quando eu digo que estamos vivendo uma ditadura-jeca, me acham chato. Sobre os carros, digamos que eles já se prestaram a atividades menos banais. Mas tá valendo…

O bicampeão mundial Emerson Fittipaldi marcou presença no empreendimento de alto padrão Italy & France Montblanc, fruto da parceria entre Yuny Incorporadora e Gafisa, no último final de semana. O stand do empreendimento exibe até o dia 7 de novembro uma exposição de carros da coleção particular do ex-automobilista. Durante duas semanas, três carros serão exibidos no stand do empreendimento no bairro do Tatuapé, zona leste de São Paulo. Estes carros são especiais na carreira de Fittipaldi, dois pertenceram à equipe Copersucar Fittipaldi que teve sua primeira temporada na Formula 1 em 1975. O terceiro é um exemplar único do modelo Pontiac TransAm, máquina usada nas 500 milhas de Indianápolis como “pace car” na edição de 1989, que foi vencida por Fittipaldi.

Bom, o endereço, caso alguém se interesse, é Rua Emílio Mallet, 367. Segundo consta, fica na parte “nobre” do Tatuapé, seja lá o que for isso.

49 comentários

  1. pardo disse:

    Fazer o quê??? tem gente que acha que só porque o lugar chama “Maison” é porque o lugar é chique kkkkkkkkkkkk, se ao menos essas pessoas soubessem a tradução de Maison em português garanto que elas sentiriam vergonha delas mesmas, uma vez que “maison” não é nada mais, nada menos que CASA em francês.

  2. Marcio Ferreira disse:

    Hipocrisia é morar em bairro o metro quadrado custa o dobro do preço das áreas “nobres” do tatuapé e ainda dar uma de comunista socialista, crítico da sofrida classe média desse Brasil (considerada por muitos como “rica”). Tem gente que é a própria contradição encarnada…

  3. rubem rodriguez gonzalez disse:

    Rolls Royce ferrari moet chandon
    louis vuitton bugatti royale

    Vou registrar esses dois nomes para vender depois para um futuro lançamento na área super ultra hiper nobre do Tatuapé, vai fazer esse empreendimento aí parecer coisa para pobre…….
    Para aonde caminha a humanidade…… o senso de ridículo já foi abandonado há muito tempo, nome de prédio sempre foi um calcanhar d eaquiles, mas com essa onda de neo bobos perderam o medo de cair no ridículo……teve uma época que tudo recebia o sufixo place, era cagalhão place, ratoeira place, e todos os places que você imaginar, depois vieram os tower, e toma tower em tudo, eram sufixos para dar um ar d emajestade e imponência , principalmente para macacos aculturados que dependem sempre de um sufixo em ingrês para dar um ar nobre a ratoeira aonde moram. agora perderam de vez o senso do ridículo, assim como o Emerson que está podre de rico e empresta uma puta biografia para um papel ridículo desses por alguns caraminguás……deprimente…..

  4. Ana Paula disse:

    Devo precisar de aulas de interpretação de texto, assim como o João Carlos, pois para mim seus comentários, e os que seguem, são preconceituosos e elitistas. Será que vc pensaria da mesma maneira se o Mont Blanc estivesse localizado em um bairro “à sua altura” ?

    • Flavio Gomes disse:

      Você precisa de aulas de interpretação. Meus comentários dizem respeito à jequice dessas construtoras e incorporadoras quando batizam seus prédios, sejam onde forem. E à jequice de inventar um “Tatuapé Nobre”, como se isso fosse “melhorar”, “elitizar” um pedaço do bairro, para valorizar seu edifício de nome patético. O que é ridículo. O Tatuapé não precisa do aposto “nobre”. É um bairro como qualquer outro, com coisas boas e ruins. E não tem um “pedaço nobre”, assim como Moema não tem, como Santana não tem, como o Jardim Ângela não tem. E se você acha que mora em uma parte “nobre” de algum bairro, você precisa não só de aulas de interpretação de texto, como também de um banho de humildade.

  5. Marcelo Liberatori disse:

    Moro duas ruas abaixo e lá não é exatamente a parte nobre do Tatuapé que se chama Jardim Anália Franco!

  6. Eduardo disse:

    Italy & France Montblanc!?!?…depois falam que os menos abastados são mais ignorantes…

  7. Bara disse:

    FG muda para Marte, caso contrário não tem saída!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  8. Marcelo disse:

    Eu somente morava ao lado desse jeca e mudei exatamente por causa do barulho das obras.

  9. claude bes disse:

    p/quem vendia sopas ate que melhorou…

  10. João Carlos Bifulco disse:

    Ohh Flávio!
    Tá stressado? Vá pescar!
    Morei 30 anos no Tatuapé, sendo 10 deles na Rua Emilio Mallet, numa simpática vila de sobrados localizada a alguns metros do empreendimento em questão.
    Meu irmão ainda mora lá.
    Tenho boas recordações do lugar.
    Não escrache o meu bairro!

  11. luiz guima disse:

    Não tem muito a ver com o teor do post, mas alguém poderia esclarecer porquê a restauração do FD-01 substituiu o termo “Copersucar” por “Fittipaldi”. E o adesivo da Dana, que nunca constou do original? Só porque eles bancaram tudo?

  12. Paulo Emilio disse:

    Tirando a vida particular, na qual acredito e espero que os irmãos Fittipaldi sejam bem felizes, o resto é apenas exploração do nome/marca da empresa ” Fittipaldi ” . Assim, assistimos e ainda veremos mais atitudes como esta , produzidas por seus principais empregados e advogados ! A fase dos sonhos e das verdadeiras realizações dos mesmos já passou , na qual brilharam imensamente , diga-se de passagem ! A vida continua, todos temos contas para pagar, fazer o que ?

  13. gustavobala disse:

    que é isso, companheiro?

    (alias quem escreveu este livro….)

    ao que me consta, vc também mora em um bairro nobre…hehehehehehe

  14. Ely Sandro Sandes disse:

    Apesar de tudo, esta exposição dos carros Fittipaldi poderia ser feita no Salão do Automóvel no Anhembi ou próximo dele, ou ainda, em Interlagos, de maneira a facilitar a visitação de turistas durante a semana de realização da F-1 em São Paulo.

  15. Otavio Neto disse:

    Não importa se é Tatuapé, Santana, Pinheiros, Interlagos ou outro lugar qualquer, viver nessa cidade hoje, que sofre com as chuvas, trânsito, segurança, limpeza, Controlar do Kassab e outras coisas mais, stressa qualquer um.
    Mas é aqui que moramos, então vamos vivendo.

    Abraço todos

  16. DANILO disse:

    O Transam eu vi pessoalmente em Santos qdo chegou de navio!! meu pai trabalhava na Deicmar local onde o carro foi armazenado!

  17. JT disse:

    Muitas pessoas passam a vida economizando para ter a casa própria. Outras fazem financiamento a perder de vista para adquirir um apartamento ou construir um sobrado. Elas querem um nome pomposo sim, para colocar no endereço.

    Você não trabalha 20 anos para ir morar no edifício “Marquês de Pombal”. Você quer morar num “Montblanc”. Se não tem mais bairro nobre em São Paulo, que se transforme o Tatuapé em local nobre. E que se contrate os Fittipaldis para lhe emprestar um pouco de nobreza.

    Antigamente nós projetávamos casas com churrasqueiras. Hoje nós fazemos casas com “espaço gourmet”. Apesar de achar engraçado, como arquiteto não me vejo no direito de externar isso para elas.

    Cresci num bairro rural, onde cavalos dividiam as ruas com os carros. Jogava bola ao lado de um pasto e bebia água de torneira. Não tenho problema algum com isso, mas percebi que as pessoas não querem ser lembradas o tempo todo da vida medíocre que levam.

    É por isso que elas vão aos cinemas, é por isso que acompanham o circo da Fórmula 1, e é por isso que elas compram apartamentos na parte nobre do Tatuapé. Deixemos que elas sejam felizes, uai!

  18. Barney disse:

    tatuapé….tatudeônibus…tatudecarro…

  19. José Carlos disse:

    Flávio, já pensou, o release fosse esse?
    Moscow (os tempos mudaram) – Abaixo, release que recebi sobre o lançamento de um prédio no “Rublveskaya”. “Empreendimento de alto padrão”, diz o texto:
    O futuro campeão mundial de Formula 1 Vitaly Petrov marcou presença no empreendimento de alto padrão Prediov Autovich Moskovita, fruto da parceria entre Stalin Corp. Incorporadora e Perestroika, no último final de semana. O stand do empreendimento exibe até o dia 7 de novembro uma exposição de carros da coleção particular do automobilista. Durante duas semanas, dois carros serão exibidos no stand do empreendimento no bairro do Rublveskaya, refúgio de milionários russos. Estes carros são especiais na carreira de Petrov, um pertenceu a equipe Renaut de Formula 1, carro com que Petrov sofreu o acidente no GP da Coréia de 2010. E o segundo é um Lada Samara, com o qual Petrov iniciou sua carreira no automobilismo.

    Flávio, relaxa, tá muito estressado.

  20. Conde disse:

    Achei fake demais as bancadas e as ferramentas . Sem falar das chaves de roda .

  21. Diogo Sorocaba disse:

    Não bastasse incentivar a merda do tunning, criando aquele tenebroso “calhambeque” do Roberto Carlos, o Emerson vem agora com o Omega Fittipaldi e até empreendimento imobiliário?
    O cara virou batedor de carteiras, mesmo…

  22. Pérsio Vibrio disse:

    Afinal de contas, esse Copersucar foi roubado pelo Emerson ou tem alguma outra origem ilícita? Se o carro é dele, que ele faça o que quiser com o carro: Expor, alugar, doar, tocar fogo. Estatizem a coleção do sr. Emerson e enviem para o Museu da Vitoriosa Guerra de Libertação da Pátria em Pyonyang!

  23. Edgard El Khouri disse:

    Kkkkkkkkkkk……….. coincidências sempre mal compreendidas por nós, mortais: quem diria que já morei ‘na parte nobre do Tatuapé’, exatamente na Emílio Mallet, a umas 2 quadras deste empreendimento-jeca. Sem despeito algum, pelo provável preço desse ap., construiria uma casa muito melhor, claro longe da ‘área nobre’, afinal os terrenos por aqui são caros…

    Mas pessoal, não critiquem o Emerson por isso, é apenas ‘business’. Se de bom gosto ou não, o certo é que dentro do critério dele vale, ponto final. Neste sentido, fico com a bela história dele no automobilismo, sem dúvidas bem melhor, e de ótimas alegrias aos fãs de F1.

    Abs

  24. OLIVIER disse:

    Colocar o FD 01 em um stand para vender apartamento ? (na parte nobre do tatuape!!!!) e no minimo uma acao vergonhosa para se ganhar dinheiro ( O sr Emerson tem que repartir este dinheiro com o Ricardo pai da criatura) Ridiculo !!!!

  25. alessandro schubach disse:

    Como praticamente não conheço SP, não posso dizer nada… mas aqui em londrina existe um bairro (jardim bandeirantes), um bairro normal, classe média baixa, porém em 2 quadras, num cantinho escondido desse bairro existe uma meia dúzia de casas alto padrão, com seus respectivos importados na garagem… proximo dali, um condomínio horizontal fechado e nao acho que seja coisa de “jeca” como alguns aqui acham….

  26. Rodrigo Borges disse:

    Que vergonha… Não pelo carro, evidentemente. Mas porque essa coisa Jeca toda é pertinho de onde eu moro. Moradores do Tatuapé, boa parte deles, adoram falar que o bairro é o Jardins da zona leste (?), que é alto padrão. Não passam, quase todos, de novos-ricos cafonas, metidos a besta, que criam animais em casa que passam pelas ruas cantando pneus e ouvindo MCs e seus funks abomináveis às 4 da madrugada.

  27. ricardo bifulco disse:

    Boa noite Flávio, boa noite pessoal.

    Bem como morador do Tatuapé, saio em defesa do meu bairro, onde moro desde que nasci.

    Primeiro: Não existe “Tatuapé Nobre”. Isto foi obra dos “gênios” que escreveram o release do evento. Só existe “Tatuapé” ou Cidade Mãe do Céu, ou ainda, Vila Gomes Cardim, ok?. Bairro este, há muito habitado por gente simples, trabalhadora e que se fez com grande sacrifício.
    O problema é que um belo dia, os magos$$$$ das contrutoras, lojistas, etc, cismaram de elitizar tudo.

    Vieram os milhares de botecos idiotas que não respeitoam a lei do silêncio, prédios faraônicos(comenta-se por sinal, tem várias unidades vendidas a certos figurões de um determinado partido político,aliás, adoram o Tatuapé.), shoppings onde desfilam alguns babacas para ostentar o que ganham dos “papais” e por aí afora.

    Resultado: Descaracterizaram tudo.
    Vou resumir: Infelizmente o meu bairro encheu de gente que anda de Ferrari mas estaciona para mijar na calçada na frente de todo o mundo….

    O Bairro é bom, o problema é a tchurminha que migrou das outras “áreas nobres” que já não são tão nobres, e que não tem nada a ver com a tradição do Tatuapé.
    Anyway..

  28. Pintacuda disse:

    Quem critica o bairro e seu desenvolvimento é tão ruim quanto quem dá os nomes aos lançamentos. Há comentários abaixo, com claras “pontadas” de preconceito, afinal talvez nunca tenham ido ao Tatuapé e sequer sabem o quanto cresceu, desenvolveu e investiu. Aqui incluo o responsável pelo Blog. Quanto aos carros, eu os vi na pista e, sem dúvida, é uma grande oportunidade de ve-los novamente, agora perto de minha casa. Ao pessoal “zona-sul”, lembro que o marco-zero desta cidade encontra-se na Praça da Sé, e não no Shopping Iguatemi como gastaríam.

  29. alessandro schubach disse:

    ai ai… tem gente precisando dar um trato na coroa para ver se acaba essa ranzinzice sem pé nem cabeça…

    C. G, Jung já dizia: quanto maior a persona, maior a sombra… tudo o que se critica, ou se desdenha, enfim… é projeção, é seu…. é você…

    relaxa FG, falar (e falar bem) de carros é bem melhor!!!

  30. penataba disse:

    Tristeza ver o FD-01 descaracterizado.

  31. Eder Casagrande disse:

    Ficarei de fora dessa, afinal, sou do interior… Uhauhauhauha!!!

  32. JP disse:

    Como dizia Lobato, somos todos uns macacos.

  33. Eugene disse:

    Parte nobre do Tatuapé é a parte mais distante do Parque São Jorge. E quem esteve no Anhembi para o Salão da Motocicleta já viu os Fitti Dalara com cordão de isolamento em volta.

  34. antonio stricagnolo filho disse:

    Minha avó falava que jacaré comprou cadeira mas não tem bunda para sentar! Falta classe e cultura que dinheiro não compra,não importa qual produto esta sendo consumido,sempre falta personalidade propria na hora da escolha.Porque o nome tem que ser frances e não tupiniquim? O cara mora em Moema,Tatuape e muitos outros bairros com nome tupiniquim mas o nome do predio tem que ser afrescalhado.É isso ai mesmo,o que não falta no Brasil é Jeca de plantão e cá entre nos jeca de verdade tem mais personalidade.A troco do que alguem vai comprar um imovel só porque o Pele, Emerson ou Ronaldinho esta marqueteando?

  35. Paulo F. disse:

    Emmo ganhando dinheiro. Mas não de forma tão elegante. Tatuapé nobre? Poupe me, pobre bairro, Só Tatuapé não está bom?

  36. Leon Neto disse:

    ô carro bonito esse copersucar, hein?

  37. Ricardo Bigliazzi disse:

    Caracas… nem sabia do lançamento do predio… tá fazendo propaganda de graça para esses caras.

    Segue o jogo…

    Imperador

  38. Marcus (Franca-SP) disse:

    Na verdade nao sei aonde fica a parte nobre do tatuapé, so sei que a casa aonde nasci e cresci ja nao existe mais(e er aperto desse endereço), bons tempos aqueles, acho que os carros valem a pena serem vistos, pelo menos por quem ainda nao os viu, ja o Emerson, assim como o Pelé, ja ha algum tempo, e principalmente hoje, é um homem de marketing, nada mais do que isso.

  39. Flavio Francisco disse:

    Aposto que o Velho Chato Marrento do meu xará, vai comprar uma meia dúzia de apartamentos para investimento, e virá até minha querida ZL (curintianolândia), com sua SUW zerinho, prata, ou com seu Corola Preto, rindo dos blogueiros que nem imaginam que ele tenha esses carros.
    E ainda colocará o nome composto num dos, algo do tipo: Guilherme André.

  40. Andre Decourt disse:

    Uma Montblanc tão legítima quanto a uma de camelô…

  41. jeffer disse:

    E agora ?? Depois dessa importante noticia…

  42. Cláudio R. disse:

    Taí uma nova série.

    Jecas & Jacus.

  43. TOM SEM FREIO disse:

    Poxa fico triste, em ver meu idolo Emerson, se prestando a isso. Tá certo que ganhou algum com certeza, mas eu imagino que ele nao precisa disso. Flavio, quanto ao nome, sem comentario, como voce diz essa ditadura-jeca, tambem poderia ser conhecida por OS NOVOS RICOS BESTAS, esses que se creem que ter um carro SUV, e um apto de 60 metros quadrados é o maximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>