SCHUMAQUINHO | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 30 de junho de 2016 - 1:43Automobilismo internacional

SCHUMAQUINHO

untitled-495-2-1

SÃO PAULO (muita curiosidade) – Falamos ontem de Mick Schumacher, falemos de novo. Depois de ler a matéria no Grande Prêmio, fiquei curioso pelos resultados globais do moleque na F-4. Como já informado, ele disputa dois campeonatos da categoria, na Itália e na Alemanha. É pauleira. Sempre rodadas triplas, uma corrida em cima da outra.

No Alemão, Mick é vice-líder depois de quatro etapas — 12 corridas, portanto. Tem 182 pontos, contra 202 do australiano Joey Mawson. Os resultados são bem sólidos. Em Oschersleben, na abertura da temporada, em abril, foram dois quartos lugares e uma vitória. Na sequência, em Sachsenring, quarto, segundo e quarto. Depois, em Lauzitsring, o melhor desempenho até agora: duas vitórias e um sexto. De volta a Oschersleben, há cerca de dez dias, terceiro, segundo e 26º. É candidato ao título.

No Italiano, o filho do maior de todos os tempos também ocupa a vice-liderança, com 108 pontos. O líder, com 148, é o argentino Marcos Siebert. O desempenho é igualmente consistente. Na estreia, em Misano, duas vitórias e um quarto lugar. Da etapa de Adria, ele não participou. Foi no começo de maio, quando surgiram fortes boatos sobre uma possível piora no quadro de saúde de seu pai, e isso explicaria a ausência do filho. Na verdade, a Prema, sua equipe, tinha priorizado as provas do Alemão de uma semana antes. Em Imola, segundo, primeiro e quarto. Também luta pelo título.

Dezoito provas, portanto, em seis rodadas triplas em dois países. Ganhou um terço delas e subiu ao pódio em outras quatro.

É para ficar de olho. Sem forçar barra nenhuma, sem colocar o carro à frente dos bois. Mas chama a atenção a paixão do moleque pelas corridas. “Correr é o que eu sonho. Atualmente, correr está constantemente nos meus pensamentos. É exaustivo, é difícil, é desafiador, é complicado. É simplesmente maravilhoso”, diz nesta reportagem publicada no site da Pirelli, que fornece pneus à F-4.

Gosto de quem gosta do que faz. Vamos continuar seguindo o menino. Sua história, seja qual for o desfecho, será necessariamente muito rica.

38 comentários

  1. Roberto disse:

    O maior vencedor é Fangio, com 8 temporadas ganhou 5 (!!!!!) títulos. O melhor o próprio Schumacher elegeu, assim como o mundo: Senna. Depois de Senna, o melhor foi e é Alonso. Depois disso, vem Schumacher.

  2. Eduardo disse:

    Vida longa e muito sucesso ao garoto! Para mim Senna foi o melhor de todos os tempos.

  3. Andre Lima disse:

    Flávio, se o teu pai tivesse morrendo ou com a saúde totalmente comprometida iguais as noticias que vem do Schumacher, você estaria correndo…disputado campeonatos como se nada tivesse acontecendo? Vendo essas coisas do filho do Schumacher, imagino que o alemão não esteja tao feio como alguns noticiários publicam. O que você acha?

  4. Paulo Travaglini disse:

    Quem é o gerente da carreira do menino?

  5. ms disse:

    acho impossível ele ser igual ao schumi, um cara igual ao pai desse moleque nasce um a cada 1.000 anos…..mas,….. vai que contra tudo e contra todas as probabilidades o raio caia 2 vezes no mesmo lugar…. .

  6. Carlos disse:

    Não entendi porque “será necessariamente muito rica”. Talvez seja mais um piloto que vá muito bem em categorias de base e quando chegar (com o talento que demonstra e pelo nome que tem, acho que só não vai se não quiser) na F1 talvez não dê em nada.
    Acredito que existam muitos pilotos tão (ou mais) apaixonados por competição em quatro rodas quanto o garoto.
    Mas de toda forma, sucesso ao garoto e paz para Schumacher pai e família.

    • Marcos Gomes disse:

      Concordo. É capaz de que quando chegar na F1, em vez de os resultados serem iguais aos do pai, sejam iguais aos do tio dele. Nada que seja desprezível, mas não é lá grande coisa.

  7. Daniela disse:

    Se ele realmente amar o esporte que siga em frente e se divirta. Eu como torcedora da Ferrari gostaria de assistir ele na F1. Ao lado do Vettel quem sabe??

  8. Danilo Silva disse:

    Que a F4 não seja equivalente à F3 Brasil……. Piquetzinho ta penando…… prefiro esperar pra ver o Schumaquinho numa categoria maior.

  9. Luis Henrique disse:

    Schumacher faleceu?

    Tem site noticiando isso. É real ou fake?

  10. João disse:

    Filho do Schumacher, mas puxou o Rubinho. Sempre em segundo. (kkk .. Piadinha inevitável)

    Agora, esse moleque vai ter uma carreira complicada. Por ser filho de quem é, pelo que aconteceu com o pai e pela falta de informações. Enquanto ele não tiver uma carreira pra chamar de sua, vai estar na sombra do pai. E naturalmente a imprensa vai sempre perguntar do pai e fazer comparações. E fica mais difícil sem o Michael do lado. Tem que ter muito suporte e muita cabeça.

  11. Gostei muito do que ele diz, da maneira como ele enxerga as coisas.

    Me lembrou a primeira entrevista que o Flavio Gomes fez com Schumacher pai, logo que o alemão assombrou a F1 ao estrear pela Jordan,

    Quando Flavio perguntou o que ele esperava da F1, vitórias, títulos, o então novato respondeu:

    – Apenas guiar um F1.

    FG insistiu:

    – Isso é suficiente pra você?

    - É!

    Boa sorte ao Schumaquinho.

  12. Rubens disse:

    Que o menino siga o caminho diferente do pai , alguns dizem ¨O MAIOR DE TODOS OS TEMPOS ¨correu contra o vento , que esse vença pelo talento e sem dar de DICK VIGARISTA.. O pai quando correu por exemplo com Hakinnen perdeu dois campeonatos.

    • Não por acaso, olha o nome do figura.

    • Paulo Pinto disse:

      Está mal informado, Rubens. O segundo campeonato foi perdido por Irvine em 1999.
      Outro erro muito comum, é dizer que Schumacher perdeu dois títulos para Alonso. O primeiro título foi perdido por Raikkonen em 2005.

      Agora, vamos à ironia do Destino: somando-se todos os títulos dos campeões que venceram Herr Hepta, temos 6 (seis) campeonatos distribuídos por Hill, Villeneuve, Hakkinen e Alonso. E o alemão, sozinho, possui 7 (sete) títulos, ou seja, mais do que todos eles reunidos.

  13. Guilherme disse:

    Caspita !! a cara do pai !

  14. Garlet disse:

    Corredor compulsivo. Vai ter muita experiência já muito cedo, isso é bom para entrar na F1. E garanto que vai fazer, provavelmente em homenagem ao pai………

  15. kkkkez Alonso disse:

    Só espero que estejam ensinando ao garoto noções de ética e moral.

    Quando não for possível vencer, perder com dignidade vale mais do que ganhar trapaceando.

    O maior (picareta) de todos os tempos, deve isso ao mundo.

    Redenção.

  16. Thiago Leal disse:

    Belo capacete. O guri não usava o nome Betsch?

  17. Rafael Rego disse:

    Sempre achei meio bobo o sentimento que alguns Sennistas tinham pelo Bruno Senna, como se o cara fosse o Ayrton. Não vivi a era Senna.
    Cresci na era Schumacher.
    E agora me pego torcendo pelo menino Schumacher simplesmente por ser filho de quem é.
    Toda sorte pra ele, e pro pai.

  18. fernando amaral disse:

    Prezado FG,
    ha tempos deixei de ser fa de F1, prefiro acompanhar a MotoGP e, no automobilismo, sigo aquilo que voces divulgam.
    Creio que o garoto eh bom mesmo mas, voce que acompanha melhor, nao seria um pouco o caso da equipe dele, levada pelo dinheiro que deve receber, ter melhores condicoes que as demais ?
    Como disse, nao acompanho a F-4, nao faco ideia disso, me lembro de um tempo atras algum dos filhos do Piquet ganhar tudo no Brasil e rolar a historia de que seus recursos, muito acima dos demais, eram os responsaveis maiores pelas vitorias.
    Imagino a pressao que esse garoto deva ter, pela idade e por ser filho de quem eh…
    grande abraco,

    Fernando

  19. Christian - Do Niva disse:

    Que o moleque seja tão bom ou melhor que o pai.

  20. Renato de Mello Machado disse:

    Faço ideia da paixão dele pelas corridas.Viveu tudo ao lado do pai e sua grande carreira,quando do acidente é mais uma força para ele continuar.Tudo de bom para ele é quê desejo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>