THE BIG ONE

SÃO PAULO (não, não é acidente) – Qual o maior momento da história da F-1 em sua opinião?

Bernie Ecclestone elegeu a decisão do título de 2008 em Interlagos. Na última curva da última volta da última corrida da temporada Hamilton passou por Glock e conquistou a posição que precisava para ser campeão no caso de vitória de Massa — que, segundos antes, recebera a bandeirada em primeiro lugar.

Fiquei aqui matutando sobre qual eu escolheria. Senna x Prost em Suzuka, 1989? Villeneuve x Arnoux em Dijon-Prenois, 1979? Hakkinen x Schumacher em Spa, 2000? Piquet x Senna em Hungaroring, 1986? Mansell x Senna em Barcelona, 1991?

Deve ter muito mais, claro. Mas não consigo imaginar algo mais dramático do que Interlagos/2008.

E vocês?

massa2008chora

Subscribe
Notify of
guest

117 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mello
Mello
9 anos atrás

O melhor momento foi a vitória de Fangio em Nürburgring 1957, que lhe valeu o quinto campeonato do mundo. Aquilo sim é “faca nos dentes”.

Mas também não esqueço o globástico “Agora não! Agora não! Agora sim! Agora sim?”

Mauricio Camargo
Mauricio Camargo
9 anos atrás

Dramático sem dúvida foi o de 2008, mas o mais bonito foi Villeneuve x Arnoux em Dijon-Prenois, 1979.

Clayton Araujo
Clayton Araujo
9 anos atrás

A volta de Niki Lauda em 1976 após o acidente. Aquilo sim realmente emociona. O maior momento pra mim, apesar de ter menos de 2 anos na época. Pelo que a história e as imagens mostram, daria pra chorar de emoção se fosse hoje.

Alvir Luiz
Alvir Luiz
9 anos atrás

Gilles Villeuve, GP do Canadá 1981, andando na chuva e com o aerofólio dianteiro lhe cobrindo a visão, até cair fora.
Foi a última corrida de Gilles perante seu público e, atesar de todas as dificuldades, ele terminou a corrida em 3o lugar. Simplesmente antológico.
https://www.youtube.com/watch?v=Co-K4bWxKCY

Paulo Pinto
Reply to  Alvir Luiz
9 anos atrás

Hoje, ele seria chamado aos boxes para trocar a peça. Caso não fosse, seria desclassificado pela direção da prova.

Thiago Azevedo
Thiago Azevedo
9 anos atrás

Ou essa de Villeneuve x Arnoux, 1979, ou a primeira volta de Donington em 1993. São eventos que dependem de genialidade de quem participa e de circunstâncias que tornam o momento ainda mais especial, único.
O de Dijon foi a batalha “sangue nos zóio” e ao mesmo tempo muito cordial, com respeito. Bateram rodas, mas sem aquela putaria de espalhar deliberadamente que é tão comum hoje em dia.
Em Donnington, o Senna bateu o pinto na mesa e enfiou no bolso os 7 títulos do Schumy, os 4 do Prost, o do Hill… mostrou quem é que mandava “naquela merda”.

Paulo
Paulo
9 anos atrás

Como brasileiro, Mônaco 84, Interlagos 93 e Donington Park 93.
Como amante de F1, Interlagos 2008.

Claudio Guerra
Claudio Guerra
9 anos atrás

Austrália 1986

Paulo Pinto
Reply to  Claudio Guerra
9 anos atrás

Essa foi impactante até o último segundo. Os pilotos da Williams (ou a equipe) caíram na lorota de Ron Dennis, que colocou Rosberg (pai) como “coelho” na primeira parte da prova, fazendo-os gastarem os pneus que, segundo o fabricante, resistiriam a corrida inteira.

Não resistiram.

Rafael Rodrigues
Rafael Rodrigues
9 anos atrás

Nurburgring 1957 sem dúvida alguma. Andar a quase 300 km/h literalmente de cara pro vento era coisa para “bolas de aço”.

Fernando
Fernando
9 anos atrás

Sem pachequismos por favor, a decisão de 2008 foi “empurrada” para o Brasil, nem deveria estar nesta lista, só a FIA e Bernie “o autor” para gostar disso. Todas as outras que vc citou foram sensacionais, e verdadeiras.

Alecs
Alecs
9 anos atrás

As duas pra mim, são essa corrida de 2008 e a de Suzuka 1989…meteram a mão no campeonato do Senna, mas foi emocionante a corrida.

Paulo Pinto
Reply to  Alecs
9 anos atrás

Alecs, pegue a tabela do campeonato de 1989 e acrescente nove pontos (valor de uma vitória na época), na pontuação de Senna e veja se o brasileiro conseguiria o caneco daquele ano.

Giovanni
Giovanni
Reply to  Alecs
9 anos atrás

A sacanagem com o Senna não foi a desclassificação na prova. Ela foi justa. Senna foi o causador do acidente e “cortou” caminho. Apesar da vitória heroica ele mereceu a punição. A sacanagem foi o que o Balestre fez depois.

Paulo Pinto
Reply to  Giovanni
9 anos atrás

Qual, Giovanni? Comente para nós.

Fabricio
Fabricio
9 anos atrás

Em 1989 a F1 estava no auge da sua popularidade, no auge do seu encanto, no auge no visual dos carros, nas pinturas, nos patrocinadores, nas pistas.. enfim.. era um dos grandes eventos do planeta..

Os pilotos eram marcantes, conhecidos.. Senna, Prost, Mansell, Piquet, Berger, Alesi, Arnoux, Brundle, Patrese..

Estavamos testemunhando a maior rivalidade da F1.. e uma das maiores da história de todos os esportes.. comparável a Bird e Magic, Ali e Foreman, Messi e Cristiano, Sampras e Agassi, Lendl e McEnroe, Graf e Seles, Brady e Manning

O campeonato vai pau a pau entre 2 gênios.. e se decide numa curva.. num incidente polêmico e sensacional..

Acho que ali. a F1 atingiu seu auge de relevância….. brilho, genialidade, polêmica, emoção, apelo, rivalidade… Senna e Prost parados na chicane de Suzuka lado a lado é a cena mais icônica da F1 de todos os tempos..

Fernando
Fernando
Reply to  Fabricio
9 anos atrás

Concordo. Ali a F1 chegava ao auge da dramaticidade e popularidade. Dois ícones do esporte mundial. Nunca houve nada igual.

EduardoRS
EduardoRS
9 anos atrás

Villeneuve x Arnoux em Dijon 79, sem nenhuma dúvida. No “pódio” colocaria a primeira volta do GP de Donington 93 e a ultrapassagem do Hakkinen no Schumacher em Spa. Essa final de 2008 foi empolgante, mas achei um campeonato nivelado por baixo, com Massa e Hamilton errando demais durante o ano, isso tira um pouco o brilho da decisão.

Giovanni
Giovanni
Reply to  EduardoRS
9 anos atrás

E desde quando erros durante a temporada tiram o brilho de uma decisão como aquela? O Flávio perguntou qual o foi o maior momento da história da F1. O que aconteceu com a temporada não tem nada a ver com a decisão.

Kleber "ChapZ"
Kleber "ChapZ"
9 anos atrás

2008 com certeza. Pois a emoção teve a mesma proporção da decepção.
Talvez 1/05/1994 tb, pela mudança que causou na parte de segurança da F1.

Luis Felipe
Luis Felipe
9 anos atrás

Gente, e Suzuka 76? Ninguem mencionou?

Cláudio F1
Cláudio F1
Reply to  Luis Felipe
9 anos atrás

Acho que Suzuka 76 e Interlagos 2008 empatam!

Zé Maria
Zé Maria
Reply to  Cláudio F1
9 anos atrás

Não era Suzuka. . .

Paulo Pinto
Reply to  Cláudio F1
9 anos atrás

Fuji.

Banana Joe
Banana Joe
Reply to  Luis Felipe
9 anos atrás

Era Fuji…

Alexandre Galvão
Alexandre Galvão
9 anos atrás

Sinceramente não saberia dizer qual foi o maior momento. São tantos.
Mas sobre esse campeonato de 2008 eu tenho uma enorme lembrança porque fui comissário de pista justamente no posto 3 (ou quatro?) que ficava justamente no fim da Curva do Sol, logo após o S.
Dada a bandeirada final para Massa, o rádio pediu para que todos os postos começassem com o festival de bandeiras.
Desceu todos e lembro que um rapaz que estava no meu posto, na empolgação pela vitória e, claro, o campeonato, quase foi atropelado pelo Massa.
Lembro perfeitamente de ver a viseira do Massa levantada e ele com uma cara estranha. Foi nesse momento que no rádio fomos avisados: “Hamilton campeão, Hamilton campeão!”
Cara… nunca esquecerei do momento que avisei esse rapaz que quase foi atropelado de que Massa não era campeão. Aquela garoa fina e ele indo ao chão em prantos. Foi muito emocionante.
A volta de toda equipe de comissários andando na pista para o local de encontro na chuva em silêncio, a arquibancada se esvaziando…. Eu sabia que era um dia histórico para a Fórmula 1. Fantástico! Inesquecível.

Roberto
Roberto
9 anos atrás

Para mim, esse final de 2008 teria sido o maior momento da história da F-1 em minha opinião. Sabe porque, no entanto, não foi? Por causa da marmelada confessa em Cingapura. O Lance Armstrong não perdeu todas as medalhas por causa do dopping, muito depois de tê-las conquistadas? Em 2005, os jogos confessamente manipulados do Campeonato Brasileiro não foram anulados? Por que, no caso da corrida manipulada de Cingapura, ela foi considerada válida em 2008. Massa disse em 2011: “Sim, o que aconteceu me afetou. Perdi o título por uma margem muito pequena, e quando isso acontece você olha para trás e vê onde poderia ter sido diferente, e em Cingapura houve influência. A corrida foi manipulada, mas o resultado foi real. Mas isso é passado, já falei 45 mil vezes sobre isso”, comentou Massa. O Alonso respondeu: “Sim, em 2008 o Felipe perdeu pontos aqui, mas igualmente perdeu na Hungria quando o seu motor estourou a três voltas do final. Quando você perde um campeonato por um ponto recorda de muitas coisas, também faço isso”. A diferença, Alonso, é que na Hungria houve um incidente normal de corrida. Em 2008, não. Para mim, corrida manipulada não pode ser válida, ainda mais de forma confessa e inequívoca. Portanto, Massa foi o campeão legal em 2008, no meu ponto de vista.

Felipe Marcos
Felipe Marcos
Reply to  Roberto
9 anos atrás

Acontece que o seu ponto de vista vale só para você. Em 2008 o Massa não tem nada do que reclamar, perdeu o título para ele mesmo na Malásia.

Fabiano Lacerda
Fabiano Lacerda
Reply to  Roberto
9 anos atrás

O seu ponto de vista é um aterro sanitário de pachequismo e mimimi.

Paulo Pinto
Reply to  Roberto
9 anos atrás

Cingapura/2008 foi manipulada? Quem manipulou? Puna-se! Quem foi beneficiado? Puna-se!

Alonso foi o único beneficiado com a tramoia. Deveria ser desclassificado! Os demais competidores (que não tiveram nada a ver com a farsa, incluindo Hamilton, subiriam uma colocação na classificação da corrida).

A lei (seja ela qual for) só é justa , quando os envolvidos (e somente eles) são punidos.

Fernando
Fernando
Reply to  Roberto
9 anos atrás

Sem falar de Spa…

Raphael Lima
Raphael Lima
9 anos atrás

Sem dúvida o maior momento foi a invasão em Interlagos depois da vitória do Senna, em 93. Emoção nunca vista antes nem depois, depois de mais uma vitória épica dele.

Paulo
Paulo
Reply to  Raphael Lima
9 anos atrás

Imola tem invasão todo ano….

Alvir Luiz
Alvir Luiz
Reply to  Raphael Lima
9 anos atrás

Monza tem invasão desde os anos 70.

Rafael Lucas
Rafael Lucas
9 anos atrás

Interlagos 2008 sem dúvida, não só pelo que aconteceu na pista, mas também pelo comportamento do Massa depois.

José
José
9 anos atrás

Coitado do Massa foi o único na história a encerrar seu campeonato como campeão e não foi campeão.

Robertom
Robertom
Reply to  José
9 anos atrás

Mas mesmo assim é bem melhor que o caso do Rindt, que não encerrou o campeonato e foi campeão.

yerosha
yerosha
9 anos atrás

Hum litro de gasolina…… Nigel Mansell GP EUA 1984 uma pane seca provoca uma cena surreal ,Mansell após liderar mais da metade da prova.cai para sexto lugar, fica sem gasolina nos metros finais desce tenta empurrar o carro ate a linha de chegada mas desmaia pelo esforço.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
9 anos atrás

Interlagos 2008 foi especial mesmo

Marcelo R.
Marcelo R.
9 anos atrás

2008 foi um momento, mas anabolizado por ser uma final de campeonato.

Lembro dos idiotas do pânico dando uma camiseta do Vasco da Gama pro Hamilton na entrevista coletiva, ele pegou e disse que ia guardar.

Ficaram todos contentes, no domingo se f……

Eder
Eder
9 anos atrás

O campeonato de 2008 poderia virar filme fácil!
Foi pau a pau o ano todo!

Diogo
Diogo
9 anos atrás

Imola, 1994. Infelizmente.

Titus
Titus
9 anos atrás

O fatídico fim de semana em Ímola, em 1994, foi, para mim, o momento mais dramático da história da F-1. O saldo foram dois mortos e um ferido. Trágico.

Antonio Seabra
Antonio Seabra
9 anos atrás

Flavio, voce citou momentos muito bons, e o povo aqui acrescentou alguns otimos, e que eu teria desejado incluir..
Vou acrescentar mais alguns:
1) Gilles de Ferrari T5 ultrapassando Jones de Wiliams por fora na curva Tarzâ, em Zandvoort 1979. São raros os videos, e os que existem tem angulo de visão desfavorável, por tras. Quem viu ao vivo diz que é a manobra mais linda da F1, comparável só a do Piquet sobre o Senna.

https://www.youtube.com/watch?v=L8nYX7uJt3o

2) Clark caindo para ultimo, uma volta atras, e recuperando a liderança (!!!!), descontando uma volta inteira em Monza 1967, circuito ainda sem chicanes, onde a pilotagem não era tão importante…..mas Clark FEZ ser. E parar sem gasolina na ultima volta !
3) Mansell empurrando a Lotus sem gasolina até a linha de chegada e cair desmaiado ao receber a bandeirada. Onde ??? Quando ?? Não lembro..
4) Gilles segurando uma fila de carros atras dele quase que a corrida inteira em Jarama 1981, com uma Ferrari 126C que não gostava de fazer curvas, SEM DAR NENHUMA fechada de porta desleal, e vencer a corrida. Corrida fantastica !!!
5) a Vitoria do Moco em Interlagos 1975 !!!
6) O acidente do Jones com o Piquet na largada do Canada, em 1980, que acabou tirando o 1° titulo do Nelson. O Jones bateu de proposito, Piquet esteve mais rapido o FDS inteiro e ia ser campeão. hoje seria Tetra, como o Prost e o Vettel.. Na segunda largada, com o carro de treinos, o Piquet liderou facil……até quebrar, como era esperado.
7) A tocada do Beltoise na chuva, em Monaco 1972, maior vitoria no molhado em todos os tempos.

Por fim o momento mais chocante da F1 _ Pryce atropelando o fiscal na Africa do Sul de 1977, ambos morrendo de forma horrivel.

Alvaro Ferreira
Alvaro Ferreira
Reply to  Antonio Seabra
9 anos atrás

Boas, Antonio! Essa do Clark em Monza 67 foi fantástica. E foi a primeira corrida de F1 que vi na tv (em videotape…). O povo carregou o escocês nos ombros depois da prova!

Romanista Ferrarista
9 anos atrás

Villeneuve x Arnoux em Dijon-Prenois, 1979, tutta la vita!
Foi o primeiro gp que assisti, tinha 9 anos e não pudia não nascer uma paixão. Estava no meu quarto e meu pai me chamou para assistir aquele espetaculo. Nunca mais perdi um GP … 36 anos atras.
Sou Italiano, Romanista e Ferrarista … depois daquele GP começei a torcer pela Renault. A mitica Renault Turbo. Criança tem cada uma!

Oi?
Oi?
9 anos atrás

E hj em dia o Massa leva pau do Bottas, um piloto mediano que levava pau do Maldonado.

Marcell
Marcell
Reply to  Oi?
9 anos atrás

Bottas levava pau do Maldonado? Que F1 q vc acompanhou em 2013…?

Oi?
Oi?
Reply to  Marcell
9 anos atrás

Maldonado chegou anã frente do Bottas em NOVE das 14 corridas da temporada 2013, vc quer mais pau do que isso?

Oi?
Oi?
Reply to  Marcell
9 anos atrás

*chegou à frente

Oi?
Oi?
Reply to  Marcell
9 anos atrás

Corrigindo: Maldonado nove vezes à frente, Bottas 5 vezes, descontando as corridas em que tiveram problemas e não completaram a prova (3 MAL x 2 BOT). http://grandprixrankings.com/compare/2013-f1/maldonado-versus-bottas/

Fabio
Fabio
9 anos atrás

Lendo os comentários temos a dimensão do quanto a F1 é uma coisa incrível. Qualquer um de nós poderia passar horas contando histórias… E mesmo assim os cartolas conseguiram foder a coisa toda.

Sanzio
9 anos atrás

O maior momento da F1? Vixi…
Do que eu vi da F1, de 87~88 a 2000 (daí perdi o interesse porque só dava Schumacher) e de 2005 pra cá, Senna fez corridas memoráveis em Mônaco, a final de 2012 com Vettel rodando também foi bem tensa, Adelaide 1994 idem, a ultrapassagem “ménage” em Spa 2000…
No fim, concordo com o velho gagá: Interlagos 2008 foi mesmo o ápice. A chuva que caiu minutos antes da largada, Hamilton se cagando de medo de fazer merda (pois perdeu em 2007, aqui mesmo em Interlagos, por bobeira), a chuva que voltou a cair no fim… É uma corrida que realmente foi muito emocionante. Aquela temporada (em especial a final) não teve o drama da temporada de 76, mas que daria um filme tão bom quanto Rush, daria!

Paulo Pinto
9 anos atrás

GP do Brasil/2008. Épico.

E a grande estrela do GP não foi Massa, nem Hamilton e nem Glock. A grande estrela foi Vettel, com uma ultrapassagem em Hamilton para “inglês ver”.
Essa ultrapassagem, sim, é que estava tirando o título do piloto da McLaren. Se não fosse a chuva apertar no finalzinho…

Vando Monteiro
Vando Monteiro
9 anos atrás

Senna x Mansell – Mônaco 1992… as 5 voltas mais eletrizantes da história.

Felipe
Felipe
9 anos atrás

Não esqueço a corrida que o Hakkinen estava liderando, acho que em Barcelona, 40 segundos a frente de Schumacher e o carro do finlandês quebrou na ultima volta. Acho que a partir dessa corrida o alemão conquistou o titulo da temporada. Foi em 2001, não foi?

Fabio
Fabio
Reply to  Felipe
9 anos atrás

Acho que essa foi uma na qual ele se escondeu atrás da vegetação pra chorar, mas foi flagrado pelo helicóptero indiscreto da TV.

Marcell
Marcell
Reply to  Fabio
9 anos atrás

Essa mesmo… foi icônico tbm!

Luiz Seiji
Luiz Seiji
9 anos atrás

Interlagos 2008, por todos os ingredientes acima ja citados.

Elmo
Elmo
9 anos atrás

Esses que você citou foram grandes momento, mas foram pequenos momento apenas.
Em 2008 foi toda uma final de campeonato, não apenas um “lance”.
Tive o prazer de estar em Interlagos nessa final, foi coisa de outro mundo! Quem estava imaginando disputar um título de um brasileiro sendo a ultima prova no Brasil?!

Agora, outro momento pra mim como fã, vitória do Senna em interlagos com seja lá quantas marchas foram.
Título dele em 88, aquilo foi épico apesar do carro absurdo na mão.
E o título do Hunt x Lauda. aliás, aquele ano todo foi dramático pelo jeito

ju
ju
Reply to  Elmo
9 anos atrás

Concordo!!!!!! Inesquecível!!!

Fabio
Fabio
Reply to  Elmo
9 anos atrás

Eu também estava lá! No G! As pessoas começaram a gritar, comemorar quando numa reação em cadeia uns aos outros começaram se alertar para algo que acontecia no miolo: Hamilton voando pra cima do Glock (será? Não lembro exatamente). A arquibancada de repente se calou.
Eu só tinha visto a arquibancada calar duas vez antes disso: Uma quando Barrichello ia alinhar e o carro apagou na reta oposta e outra quando ele estava fazendo a volta lançada para marcar a pole de Ferrari. Depois dele veio Webber e a torcida silenciou novamente.

Elmo
Elmo
9 anos atrás

Senna, Ímola, 1994.

Bosch
Bosch
Reply to  Elmo
9 anos atrás

Concordo

Marcell
Marcell
Reply to  Bosch
9 anos atrás

Esse eu não conto pq apaguei da memória…

Paulo Pinto
Reply to  Bosch
9 anos atrás

Se apagou, como conseguiu lembrar?

Alvaro Ferreira
Alvaro Ferreira
9 anos atrás
LucioSP
LucioSP
9 anos atrás

A decisão de 86 em Adelaide….devo ter visto umas 30 x.

Zé Zanine
Zé Zanine
9 anos atrás

2008 sem dúvida

Cesar Machado
Cesar Machado
9 anos atrás

Em 2008 quase enfartei!
Realmente essa decisão será difícil de ser superada.

Alex Bertuol
Alex Bertuol
9 anos atrás

Pela dramaticidade Interlagos/2008.
Pela beleza (e sangue nozóio), Hakkinen x Schumacher em Spa/2000.
https://www.youtube.com/watch?v=D5jITHdcY7k

Vécio Peixoto
Vécio Peixoto
9 anos atrás

Por ser uma decisão de campeonato nos metros finais, Hamilton x Massa em 2008 deve ter sido o mais marcante para a F1 de forma benéfica.

Outros finais marcantes: 76, 86 e 88.

Paulão
Paulão
9 anos atrás

Acho todos os citados estão de bom tamanho. eu acrescentaria a largada de Senna (e de Rubinho) em Donnington. Monza 1971 com quatro carros na foto da chegada (vitória de Peter Gethin), O pneu do Mansell estourando na reta de Adelaide 1986, E duas que não vi, e acho que ninguém de nós as viu: Fangio em Nurburgring 1957 e uma outra que não é F1 mas Jim Clark não podia faltar, Indianápolis 1965.

Rafael Bilibio
9 anos atrás

A primeira vitória do Rubinho em 2000, Alemanha. Tenho convicção que NÃO é o momento mais marcante, mas estaria, tranquilamente, na minha lista Top-15.

Marcell
Marcell
9 anos atrás

Senna e Prost 1989 – Suzuka (Pela bela corrida que o Senna fez…)
Massa e Hamilton 2008… (Por todo o drama e emoção)

Elmo
Elmo
Reply to  Marcell
9 anos atrás

bela corrida? ele bateu na primeira curva!!

David Santiago
David Santiago
Reply to  Elmo
9 anos atrás

Errou, essa foi em 1990!

Jonivan
Jonivan
Reply to  Elmo
9 anos atrás

Isso foi em 1990. Em 89 eles bateram na chicane faltando pouco pra acabar, Senna voltou “cortando a chicane”, parou, trocou o bico, passou Nannini, venceu e foi desclassificado.

Nenê
Nenê
Reply to  Elmo
9 anos atrás

Essa foi em 90, Elmo!

samu
samu
Reply to  Elmo
9 anos atrás

Elmo essa foi 1990 e nao a corrida citada pelo marcell de 1989 no ultimo harpin se suzuka….

Squa
Squa
Reply to  Elmo
9 anos atrás

Elmo, negativo. A batida na primeira curva foi em 1990

Marcell
Marcell
Reply to  Elmo
9 anos atrás

Isso aê… sem contar a apreensão que foi depois do final da corrida para saber qual seria o resultado, e dps veio a facada do Balestre!

Guzz
Guzz
9 anos atrás

Todos os que você citou, e do Bernie, esse pareceu roteiro de Hollywood.

Fowler T.
Fowler T.
9 anos atrás

2008 também, Mas também a primeira vitória do Emersin garantindo o (único ) titulo post mortem para Rindt

Mauro Santana
Mauro Santana
9 anos atrás

Eu fico com Austrália 1986.

Mario Gasparotto
Mario Gasparotto
9 anos atrás

Pra isto eu prefiro escolher em categorias. Disputa de pista sem dúvidas Gilles x Arnoux em Dijon. Maior ultrapassagem empatados, a do Piquet contra o Senna na Hungria 86 e a do Hakkinen no Schumacher em Spa 2000. Disputa de título na minha opinião a de 86 na Austrália entre Prost, Piquet e Mansell. Rivalidade e disputa política Senna e Prost. Momento mais dramático (sem considerar morte de piloto) a decisão de 2008 entre Massa e Hamilton! Foi mesmo incrível.

valter
valter
9 anos atrás

GP de Mônaco de 1984. Naquele GP, Prost insistiu para o término da prova, ganhou e no final não levou o campeonato por dramatico 0,5 ponto.