MENU

segunda-feira, 16 de março de 2015 - 16:45Bus Stop

BUS STOP

SÃO PAULO (coisa boa) – Acho que falei deste ponto de ônibus na Lapa um tempinho atrás, alertado pelo excelente “São Paulo Antiga”. Remanescente dos anos 60, é o que restou de uma série que, aos poucos, foi sendo botada abaixo pelas diversas administrações municipais da cidade. A boa notícia é que ele foi restaurado pela Prefeitura e está bonitão. Que seja tombado logo.

pontomaisantigo-01x

15 comentários

  1. gustavo giroti disse:

    acho que na vila guilherme tem um antigão tb, em frente a praça Orlando

  2. Helio Pavan disse:

    Uma maravilha essa notícia! Tomara que ações iguais se proliferem. Entretanto, não creio que o original fosse vermelho e me parece mais uma ação política. Isso é costumeiro em algumas cidades, principalmente no interior. Um prefeito pinta de vermelho, vem o outro e pinta de azul. Depois de vermelho de novo. E assim sucessivamente, sempre fazendo propaganda subliminar e negando categoricamente isso na sequência.

  3. Egaz Ramirez de Arruda disse:

    os pontos em BsB se tivessem a metade da preocupação desse quanto a proteger do Sol e chuva , já seria um grande avanço

  4. Eu disse:

    O nome do Bairro é Vila Ipojuca. Esse ponto fica numa praça descendo a toneleros
    Certamente algum distrito da Subprefeitura da Lapa.
    Mas é Vila Ipojuca.

    Abs
    Eu

  5. FIELDS disse:

    Daqui uma semana estará todo pixado!

  6. Laercio disse:

    Tomada que o Maldad não queira que uma ciclo faixa passe na frente.

  7. Bosley de La Noya disse:

    Ficou bonito o ponto! Só pode ser aquela tinta da Eucatex!!

  8. valter disse:

    Lembro desse ponto ônibus. Embarcava nos ônibus da viação Transcolapa. Descia a rua toneleiro e torcia para que o farol estivesse fechado em frente a oficina do Spada Preparação para admirar seu formula V e um fusca Divisão 3.

  9. Moacyr Lopes disse:

    Ai sim, como diria Milton Neves, agora eu vi o gol da Caldense.

    Lembrei da calçada da Vemag em Tupã agora. que bom se tivéssemos mais iniciativas assim.

    Um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *