MENU

sexta-feira, 24 de março de 2006 - 17:41Automobilismo brasileiro

Parabéns aos intrépidos automobilistas

SÃO PAULO (o público prorrompe em aplausos) – O blogueiro Umberto manda uma dica, digamos assim, imperdível. No site da Bardahl tem uns vídeos de campanhas publicitárias novas e antigas, mas clicando, nesta página, em “III Mil Milhas”, você vai ver um filme da edição de 1958, vencida por Catharino Andreatta e Breno Fornari.

São espetaculares as imagens de Interlagos, os boxes, o público, a largada. Eu nunca tinha visto nada igual, daquela época.

Depois vem mais um monte de coisa doida, inclusive corridas americanas em ovais com charutinhos e umas meninas andando de patins e se estapeando, acho que ficou no arquivo colocado no site meio sem querer, mas é legal.

Falando em meninas, babem por Miss Bardahl. Onde andará Miss Bardahl e suas pernas notáveis? O locutor nem diz o nome dela. Quem era Miss Bardahl?

9 comentários

  1. ricardo bifulco disse:

    Acho que pela primeira vez vou comecar uma segunda feira de bom humor depois de ver (e salvar,claro) este video!!!.

    1000obrigados pela dica.

    Ricardo

  2. tarado disse:

    Pô, bem fornida é pouco. A mina era gordinha, mesmo. Hoje deve tar uma baiaca…

  3. artur disse:

    filme maravilhoso!!!! ganhei o fim de semana. o saudade deste tempo. gomes qual o horario da prova no dia 1? manda 1 credencial porque o excesso de estorinhas na portaria ja nao cola mais!!!!

  4. Edgard disse:

    Realmente muito bom o vídeo. Naquela época as mulheres eram bem mais cheinhas, mesmo.

  5. Filipe W disse:

    Fantástico o vídeo e logo o primeiro carro que aparece é uma kombi 1200 maneiríssimo !!!!

  6. Sucrilhos disse:

    Estava eu triste por ser uma noite de sexta-feira na frente do computador, mas não é que chego aqui e sou presenteado com este video?? Haha, tou rolando de rir até agora. Miss Bardahl, hahaha! E todo mundo chiou quando a Gisele Bundchen foi dar a bandeirada no GP Brasil. Poxa, pra mim corrida tem que ser essa festa mesmo, com fanfarra de colégio e outras bizarrices, pq a função das corridas é divertir o público e não ficar exercitando a expertise dos ‘entendidos’ em automobilismo.

  7. Roberto Lacombe disse:

    Onde foi parar aquele magnífico troféu?
    a BARDHAL abandonou as MM por anos e o troféu?

  8. Marcos disse:

    Bem de acordo com as preferências da época, a miss Bardahl tinha as carnes bem fornidas !!!!!!
    Sou capaz de apostar que o seu Evânio lubrificava pessoalmente o maquinão !
    Hoje, vovó Bardahl deve estar fazendo tricô para os netinhos !

  9. Milton de Mello Bona disse:

    Muito bom!
    A Miss Bardahl era assim, como diziamos na época, bem rechonchuda, não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>