MENU

domingo, 18 de outubro de 2009 - 17:51F-1

1 CHOPPS, 26 PASTEL

comemora

SÃO PAULO (estou atrasado!) – Barrichello não venceria a corrida nas condições de hoje. Para ganhar, teria de contar com chuva ou confusões dos outros. Com tempo firme e carro mais leve que Webber, precisaria contar com uma má largada do australiano, o que não aconteceu.

Foi uma prova de leitura muito simples. Webber não podia deixar Barrichello escapar, para aproveitar as cinco voltas que tinha a mais de combustível. Quando Rubens voltou de seu pit stop, caiu no tráfego, o que é normal em Interlagos, e ali perdeu também uma posição para Kubica. O terceiro lugar seria sua posição natural, mas no fim teve o problema do pneu furado e acabou apenas em oitavo. Foi-se a chance de vencer em casa.

O GP do Brasil teve ótimas primeiras voltas e algumas grandes atuações. A começar pelo campeão Button, que se aproveitou das trapalhadas de Trulli, Sutil e Alonso (para mim, tudo culpa do Trulli) para fechar a primeira volta em nono, perto dos pontos, e passou muita gente. Me lembro de Buemi, Grosjean, Nakajima. E de uma disputa doida demais com Kobayashi, grande surpresa, um japa doidinho de pedra e muito rápido e combativo. Será titular da Toyota no ano que vem, isso já está decidido. Estreou deixando excelente impressão.

Button guiou, como ele mesmo disse, “para fazer as coisas acontecerem”. Fez. Entrou nos pontos rápido, sabia do que estava acontecendo com Barrichello e não teve medo de buscar posições. Mereceu o título. Foi a melhor corrida dele desde a vitória na Turquia.

Outra grande, fenomenal, atuação foi de Hamilton. Largou em 17º e foi buscar um pódio. Assim como Raikkonen, que até passou no meio do fogo deixado pela gasolina de Kovalainen nos boxes, depois de cair para último na primeira volta graças a um toque em Webber, após uma grande largada. Ufa. Frase longa, porque aconteceu muita coisa para ele, mesmo, na prova. Terminou em sexto. Tem feito ótimas corridas, Kimi, apesar de já demitido.

Vettel, o quarto colocado, também foi de encher os olhos. Se não tivesse largado tão atrás, em 15º, era o maior candidato à vitória, porque é mais piloto que Webber. A Red Bull, na verdade, sobrou. E palmas para Kubica, que conseguiu sua melhor posição no ano, num time que vive claro estado de fim de feira.

A prova foi melhor na primeira metade. Depois, as posições se acomodaram. Com Barrichello fora da briga pela vitória desde o primeiro pit stop, a eletricidade que tomava conta do autódromo antes da largada se esvaiu.

Foi o quinto ano seguido que Interlagos consagrou um campeão. Alonso em 2005 e 2006, Raikkonen em 2007, Hamilton em 2008 e Button agora. É um bom palco para decidir títulos. Claro que a corrida de hoje não pode ser comparada à do ano passado, que teve desfecho cinematográfico. Mas foi legal. Button é, igualmente, um campeão legal. Cara batalhador, que teve altos e baixos na carreira, estava a pé no fim do ano com a desistência da Honda, e aí veio Ross Brawn, e aí ele começou o campeonato de forma arrebatadora, ganhou seis das sete primeiras provas e passou a administrar a vantagem já sem brilho. Brilho que hoje voltou. À sua pilotagem e, especialmente, ao sorriso e ao olhar. Um campeão feliz.

159 comentários

  1. Ricardo Bigliazzi disse:

    Faltou colocar um motor Mercedes ao lado na foto.

    Esse sim foi um Campeão inconteste, mostrando competencia e força inesgotavel na Brawn, Maclarem e até na Force India.

    Abraços

    Imperador

  2. Caro Flávio, gostaria de ouvir seu comentário sobre as perspectivas dos brazucas da f1 no ano que vem. Um abraço!

  3. Zé do Peido disse:

    Rubens é um vendido. Só serve para piadas do Casseta e Pânico. Além de dar audiência para blogs e afins.

  4. Arroyo disse:

    O que falta para o Rubinho na realidade é braço. O cara é lento mas, é salvo pelo seu bom humor e estilo bom mocinho. Temos que concordar, a Hortencia não falou nenhuma mentira!!!!!!!!!

  5. lobo disse:

    essa corrida foi um sono só, em relação ao carro que saiu com a mangueira engatada e quase causou uma tragédia, deveria ter sido desclassificado da corrida, na f. indy onde as coisas são mais emocionantes e sérias é assim. Agora com sinceridade como teve gente que acreditou no rubinho insuflado por este debil mental que é o galvão bueno que acha que deve fabricar idolos do esporte, mas se você comparar os numeros verá que burrichelo bate o recorde de permanencia na f1 e tem resultado piores que Jacques Villeneuve que disputou apenas 165 gps,foi campeão do mundo em 1997, quando jacques entrou rubinho já estava lá, e quando jacques saiu rubinho levou anos para chegar as 11vitorias, mesmo tendo maquinário de ponta, como as ferrari, e agora a brown gp. em todos os segmentos existem os que são excepcionais, bons, médios e ruins, o rubinho é médio e nunca vai passar disso, e para ano que vem, será que ele vai acampar na porta da equipe de novo até que assine o novo contrato para 2010??? é melhor chegar cedo, pois o bruno senna com certeza vai estar lá.

  6. Julio Antunes disse:

    Vamos parar com essa história de que o Barrichello é um vencedor porque ganhou e ganha dinheiro com a F1. Esportivamente ele é fracassadíssimo! Até acho ele um cara bacana, gente boa, porém não é o CARA!

  7. Julio Antunes disse:

    Tentamos até torcer pro Rubinho, porém de fato não dá pra ele mesmo!
    Ele é esforçado e um cara de boa índole, no entanto são nítidas as suas limitações.
    Vamos ver o Massa ano que vem!
    Abraços,
    Julio

  8. Hermes disse:

    Acho que o comentário que resume bem o que é Rubens Barrichelo é essa:
    “É preciso saber perder”

    Saber perder, poxa, esse cara é Phd em saber perder, está na hora de “saber ganhar”, meu filho.

    Eu comparo a torcida por um piloto como o Barrichello a uma ejaculação precoce: para algumas corridas, o torcedor cria uma expectativa tão grande quanto ao desempenho que no final nada acaba acontecendo da forma mais natural e correta.

    Não é possível, foge da compreensão, ele é totalmente sui generis.
    Acho até que é uma sina de Rei Midas as avessas.Tudo o que o cara toca não dá certo, vira merda.
    Passou os últimos anos sendo melhor que o companheiro e na hora em que o cavalo passa selado ele não aproveita a chance.

    Torcer para Rubens sempre foi um teste para a paciência!

  9. alexandre j honorio disse:

    E barichello que chance em ,esse ano.Mais um vice ,mas agora nao teve shume em primeiro?

  10. eu disse:

    Mais sem graça e fraco que Button, somente Hill. Tem certos campeões de F-1 que estão na galeria somente servindo de decoração, pois não têm destaque algum.

  11. Jorge Ricardo Jaú disse:

    Amigo Flavio Gomes
    Acompanho sua coluna desde que se instalou no ig.
    alguns dos comentários estão pixando o Rubens Barrichello, eu discordo deles. Assisto Formula 1 desde o primeiro grande prêmio transmitido na televisão (foi na globo, fazer o que???).
    Foi o Grande Premio de Mônaco, com Emerson Fittipaldi largando e 4º lugar na chuva e vitória de Jean Pierre Beltoise. Acho o Rubens um excelente piloto, ao ponto de inumeras corridas se manter a frente do Schumi, e não é atoa que foi o pole em Interlagos. Na minha opinião chamaram ele para desenvolver o carro e o Button ser campeão, uma canalhice do Ross Brawn, o mesmo que tinha aprontado com ele na Ferrari. Equipe Inglesa, Chefe de Equipe Inglês, nome Inglês, piloto Inglês, iriam deixar um brasileiro ganhar, não creio. Vejo a Formula 1 de hoje como uma competição onde os bonzinhos não tem vez (como a seleção de 82, só tinha craque, mais todos bonzinhos, diferentemente da de 70 que eram 11 feras, batiam até na sombra, a começar pelo Rei), e o Rubinho é muito bonzinho, coisa que o Piquet não é, e o Senna nunca foi.
    Se for possível dê a sua opinião

    Abraços
    Jaú

  12. silvio disse:

    Nada como um rolmops, ovo cozido, marrceco, purê de batata, repolho rôrxo e muita cerveja……

  13. Ander - F1 disse:

    Como o Flávio mesmo disse, Rubens está de parabéns por tudo o q aconteceu neste ano, deixou de ser um piloto aposentado para brigar pelo título, Jenson melhor ainda, por passar pelos mesmo problemas q Rubens e se tornar campeão mundial fazendo uma primeira parte de campeonato fantástica!!!
    Parabéns aos pilotos e um cara q tem mais estrela ainda, Ross Brawn, comandando uma equipe estreante e já campeã mundial isso mostra a competência do inglês.

    Preocupante apenas o futuro do Rubinho, será q a Williams é uma boa opção?

    Abraços

  14. moskito disse:

    Rubinho pede mais VEADOS no mundo…

    veja no link

    http://ego.globo.com/Gente/Noticias/0,,MUL1346008-9798,00-RUBENS+BARRICHELLO+DEMONSTRA+BOM+HUMOR+EM+FESTA+APOS+CORRIDA.html

  15. Genivaldo disse:

    Grande FG…

    O que a Globo fez com o Rubens chega ser desumano. Que pressão, que oba-oba desgraçado. Será que essa gente não se constrange (Glenda, Carlos Gil, Mariana Becker). O Reginaldo Leme pelo menos deixa claro seu constrangimento. Quanto ao narrador… Deus me livre!!!!
    Abraço.
    Genivaldo
    Obs.: Quero ver sua análise no “Limite”!!

  16. o atalaia disse:

    ridicula a macumba da globo ( vamos secar o button ) se voltou contra o barriquelo , em vez de torcer decentemente vieram com essa de secar o button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>