DICA DO DIA

SÃO PAULO(inacreditável) – Foi em outubro que publicamos aqui o link de uma galeria de fotos dos carros de Piquet em Brasília. Mas por alguma razão a página saiu do ar.

[bannergoogle] Sem problemas. O Tiago Oliveira mandou este outro link, da “Auto, Motor und Sport”, com uma enorme reportagem sobre uma das coleções mais incríveis do planeta. Detalhe: tem 60 fotos para a gente ficar babando.

Piquet é um cara que soube ficar rico. Aliás, ganhou muito mais dinheiro depois que parou de correr, com sua empresa de rastreamento de caminhões, a Autotrac.

Dinheiro suficiente para juntar Ferraris, McLaren, Rolls Royce, carrões americanos, GT40, BMWs, Porsches, Corvettes, Minis, Mercedes, Jaguares, e um lote de nacionais que beira a insanidade — incluindo Fusca, Interlagos e Karmann-Ghia. Tem até um Puma com motor BMW de F-1, já que o velho Nelson não é muito rigoroso com originalidade quando inventa de envenenar seus brinquedos — alguém ainda fala “envenenar”?

Não faltam também carros de corrida, como a Williams do título de 1987 pendurada na parede e um Super-Vê escondidinho num canto. E tem uma oficina completa para restaurar seus achados mais recentes, como um DeTomaso Pantera, fazer a manutenção da frota e levar a cabo maluquices como espetar um motor de Audi numa Kombi.

Fora as motos. E as scooters. Vi uma Lambretta e uma Cezeta. Ninguém me contou, eu vi.

Agora vejam vocês.

dopiquetloko

Comentários