MENU

sexta-feira, 1 de julho de 2016 - 12:00F-1

CAMPONESAS (1)

9c3e7609e32e9e86b201d8c8279b851fSÃO PAULO (amanhã veremos) – Foi muito zoado o primeiro dia de treinos em Spielberg — não vou mais chamar de Zeltweg, as cidades são vizinhas, mas tecnicamente era um erro; não sei bem por que chamavam de Zeltweg antigamente, mas isso discutiremos depois.

O primeiro treino aconteceu no seco. Deu Rosberguinho. O segundo teve um temporal bíblico. Depois que a arca passou e a chuva acalmou, começou a secar e deu tempo de umas voltinhas no trilho. Deu Rosberguinho de novo, com Comandante Amilton na cola.

O resto foi meio caótico. Deu para notar que os Mercedes vão andar bem, claro, porque até a Manor chegou a beliscar posições no topo da tabela de manhã. A Williams, no entanto, não brilhou. Por que falo dela? Porque a equipe costuma dizer que anda bem na Áustria, e anda mesmo. Mas, até agora, não impressionou ninguém.

Toro Rosso e Red Bull tiveram desempenho sólido. A Ferrari também, mas Vettel já começa no prejuízo porque trocou o câmbio e perdeu cinco posições no grid.

Não deu para tirar grandes conclusões hoje. Volto daqui a pouco. Mas já deixo meu palpite para a pole amanhã: Nico-Nico no Fubá. Aliás, ele vai ser campeão. Podem escrever.

E o que mais de relevante tivemos hoje? Ah, a Ferrari não testou o Halo II – A Missão. Ainda bem. Coisa feia é melhor nem ver.

17 comentários

  1. Fernando disse:

    Adorei este treino, a corrida deve ser boa. Vontade é uma coisa realidade é outra, no final Hamilton pole, é claro. McLaren na frente! Rosberg e Vettel punidos, largando mais atrás, promete este GP.

  2. ags disse:

    Resultado do Gp de Spielberg.
    Hamilton.
    Bottas..
    Alonso
    Kimi.
    Perez.
    Vespasiano..
    Grojean.
    Hulk Finn
    Button mounge
    Rosbife..



  3. GunneR disse:

    Não gosto do Hamilton e adoraria ver o Rosberg ser campeão, porém o inglês só irá perder o título caso a Ferrari consiga roubar a supremacia da Mercedes…

  4. Leandro disse:

    Não tenho certeza, mas acredito que o traçado antigo da pista, que tinha quase 6 km e era sensacional, passasse pela cidade de Zeltweg.
    Se, em 1987, a velocidade média já beirava os 260 km/h, imaginem hoje, seria insano!
    Aliás, esse seria uma das medidas para aumentar a emoção nas corridas: a volta dos traçados antigos com a segurança que temos hoje. Seria sensacional!!

  5. Roberto disse:

    Vou contra a maré do Dono do Blog.
    Vai dar Hamilton no domingo e Rosberg quebra o motor.
    O pole vai o comandante amilton.
    Para ter graça no campeonato.
    Outra coisa é que os problemas de setup do carro do seu Hamilton não eram iguais aos de Rosberg em Baku. Toto deve explicações.
    Hamilton trocou motor novamente. Quinto. Rosberg está no terceiro.
    Lembro que o motor de Baku era segunda corrida.
    Vão começas as teorias da conspiração.

    • luigi disse:

      Eu acho que o Setup ainda é prerrogativa do piloto(pelo menos isto ,ainda!)pois nem relação de marcha o piloto pode escolher a que case melhor com seu estilo de pilotagem e diretor de equipe não deve explicação a mané nenhum,nem este seja um grande clarinetista. Se o seu Hamilton escolheu o ajuste errado ,foi infelicidade dele e não culpa do Rosberg (que na minha opinião é um grande medroso e não merece ser campeão). Pelo menos obrigado ,pois não perderei tempo vendo a corrida pois você já disse como sera a ordem de chegada .

  6. Tulio disse:

    Deve ter ficado Zeltweg por causa do primeiro autódromo.

    E a Williams nunca anda de sexta.

  7. Fernando disse:

    Zeltweg, também nunca entendi, o nome original – Österreichring – era pouco usado mesmo. Österreichring > Zeltweg > Spielberg > A1 Ring > Red Bull Ring, enfim, uma zona.

  8. Clayton Araujo disse:

    Também creio que o Rosberg será campeão esse ano. O cara já merece!

  9. valter disse:

    Nessa temporada, às demais equipes, só resta focar no desenvolvimento dos motores para 2017. Na equipe Mercedes só falta decidir qual piloto levará o caneco ao final. Foi uma temporada previsivel. Vou torcer para que em 2017 as forças se equiparem. 2016, infelizmente já deu.

  10. kkkkez Alonso disse:

    Incrível como Se Arrastonso não aparece mais nem nas resenhas da F1.

    Fim melancólico mais do que merecido.

  11. José Carlos disse:

    Falar da Williams é quase um ato de caridade.

  12. João Ferreira disse:

    Eu não acredito que os engenheiros da Formula 1 não tenham ideias boas para uma proteção da cabeça do piloto melhor que o tal do Halo.

    Minha nossa, até uma bolha no cockpit, com o formato dos protótipos da WEC seria melhor que o Halo….

    • luigi disse:

      Mas é justamente esta semelhança que eles não querem , que nada lembre carros do W E C . Ou seria admitir que a outra categoria é mais evoluída ,afinal o Sport Cars foram os primeiros a usarem : injeção de combustível , freios a disco ,câmbio sequencial ,chassis de materiais compostos , e carros híbridos (AUDI R18 e-tron ).

  13. Paulo Pinto disse:

    Todas as vezes que você apontou um piloto com as duas mãos na taça do título (excetuando-se as “barbadas”), a referida taça foi parar nas mãos de outro.
    Ainda é cedo para cravar uma certeza, a não ser que haja uma informação privilegiada, o que é comum no meio automobilístico frequentado por você e teus pares. ´De qualquer forma, é uma certeza com bons percentuais de sucesso.
    Aguardemos. Ah, sim! Está anotado.

  14. Giulio Mela disse:

    Na verdade, de manha um mecanico simulou ser Vettel para testar a extraçao do piloto de dentro do carro com o halo: Demoraram 10 minutos, a FIA jà avisou que vao ter que rever tudo…

  15. Fernando Delucena disse:

    Uma coisa me chama a atenção nessa histeria do halo: Os acidentes recentes que provocaram essa urgência, foram os de Felipe Massa, Jules Bianchi, e Justin Wilson. Porém, em todos eles, provavelmente o halo em nada ajudaria. Com ou sem halo, Bianchi sofreria lesões cerebrais por conta de desaceleração súbita; A peça que atingiu o capacete de Justin Wilson, se não me engano, veio de cima para baixo, não foi? Então não adiantaria; E no caso de Felipe, o halo é vazado, e sendo assim, poderia muito bem atingir a viseira do piloto.

    Nesses 22 anos de evolução da segurança após as tragédias de Imola, o que de mais útil foi feito foram as proteções laterais, o HANS device, a célula de sobrevivência, e o cabo que segura a roda em caso de quebra da suspensão dianteira. Tudo isso provavelmente já seria suficiente para evitar as mortes de Senna e Ratzenberger.

    Posso estar sendo estúpido e leviano, afinal são os pilotos que pedem, eles que estão lá dentro e sabem. Mas ainda não consegui entender a verdadeira utilidade do halo, que dificulta a visão e saída do piloto do cockpit.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *