MENU

segunda-feira, 17 de março de 2014 - 18:55F-1

COMPARE VOCÊ MESMO

SÃO PAULO (hum…) - Sem juízo de valor, aí estão imagens tomadas a partir das arquibancadas de Melbourne no GP da Austrália de 2013 e, na sequência, na prova de 2014. Ambas captadas na reta dos boxes ao final da primeira volta. Compare os roncos. Quem mandou foi o Ivan Capelli, pelo Facebook.

Quer saber? Sem juízo de valor o cacete… Ficou feio demais! Quero nosso barulho de volta!

321 comentários

  1. Rodrigo disse:

    Observe que em 2013 muita gente com protetor nas orelhas. 2014 quase ninguém usando

  2. Felipe Andrade disse:

    Pra mim, o barulho não ficou tão bom quanto os motores aspirados, mas dizer que ficou ruim já é esculacho. O mais preocupante mesmo são os tempos de melhor volta na corrida. Com 1:32.478, Nico Rosberg ficaria com desempenho de Caterham do ano passado. A esquadra verdinha fez, em 2013, 1:32.261 com Charles Pic e 1:32.636 com Giedo van der Garde. Se não mudarem a GP2, é possível que metade do grid seja mais lento que a categoria de acesso.

  3. Anselmo disse:

    Cara….parece aspirador de pó…
    Afff

  4. Roberto Fróes disse:

    O som está uma merda, os carros estão uma merda, o regulamento então é uma imensa fossa!
    Há tempos que eu venho criticando o “Campeonato Mundial do Regulamento”, que utiliza carros de Formula 1 para economizar, isso e aquilo, proibir outros tantos, virar apenas um out-door ambulante, cheio, lotado de propaganda, e que deve passar devagar para fazer seu marketing com sucesso. Sucesso? E se a maioria absoluta de quem assiste não gosta? Tomara que as vendas dos patrocinadores despenquem, e façam uma tremenda pressão no Bernie & Cia, quem sabe ainda dá para rever essa ridicularia que é a F1 2014?
    Lembro-me perfeitamente da 1ª vez que vi – e ouvi – um Formula 1: Interlagos, 1972.
    E digo, fiquei um pouco decepcionado com o barulho, pois havia conhecido a Formula 2 pouco tempo antes, em 1971, também em Interlagos, e achei o som bem mais interessante, inclusive com um sensacional “respiro” bem rápido na mudança de marchas.
    E hoje, esse projeto de som de merda! Que só combinou com a Ferrari. Acho que é o Formula 1 mais feio da história! Horroroso!

  5. J disse:

    Deu pra notar que o pessoal na arquibancada nem precisa mais dos protetores de ouvidos, agora…

  6. mauro disse:

    Tão achando ruim? Esperem o trepidante barulho da Fórmula É.

  7. gera disse:

    É a vaporeto’s season!

  8. Renato Rodrigues disse:

    Realmente esse barulho é broxante…. E o pior é o narrador do Sportv elogiando, dizendo que ficou ótimo, só para induzir o público a gostar…. Padrão Globo… Fazer o que…. Abraço!

  9. Paulo Pinto disse:

    Sou mais o sonzinho do motor 1.0 do meu Corsa Wind.

  10. João Luiz Vanzellotti Monteiro disse:

    Ah, chega de choradeira! Afinal, o pessoal gosta de automóveis ou de barulho? O barulho dos F1 do ano passado era horroroso! Parecia grito de mulher histérica. Nada a ver com um verdadeiro ronco de motor. Vão ouvir o ronco dos motores das décadas de 70 para ver o que era F1 de verdade. O de agora é muito mais parecido. Até porque os giros dos motores naquela época beiravam os 11000 rpm.

  11. É, esse barulho não mexe com ninguém.

  12. Igor Machado disse:

    Os Audi R18 não fazem nem metade desse barulho e não teve todo esse mimimi… Aliás, muita gente mostrou-se impressionada com o “ruído silencioso” do ganha-tudo de Le Mans.

    Tem gente que fala que o mundo tá “muito chato e politicamente correto”, mas reclama de uma revolução na F1 e de um comercial ousado da Fiat. Será que dá, ao menos, para serem menos hipócritas?

  13. rogério dos santos oliveira disse:

    Que tal tirar o miolo do escapamento do F1 que nem eu fazia no meu fuscão 1500 ano 73, o som era lindo…..rsrsrs

  14. Seinfeld disse:

    A imprensa britânica retratou na segunda-feira a insatisfação dos empresários que promovem a Fórmula 1. O jornal “The Guardian” divulgou matéria em que Ron Walker, presidente da Grand Prix Corporation, mostrava-se inconformado com a chamada “trilha sonora” apresentada na prova de Melbourne, deixando claro que haverá mudanças para a sequência do Mundial.

    - Não foi o que pagamos. Vai mudar – frisou Walker, afirmando, em entrevista ao Jornal Melbourne Age, que já teria falado com um ‘ horrorizado ‘ Ecclestone sobre o fato, referindo-se ao Chefão da Fórmula 1.

    - Eu tive em contato com um ou dois promotores hoje, e eles disseram como estão insatisfeitos. Falei com Luca di Montezemolo (presidente da Ferrari) agora e Luca disse que nunca teve tantos e-mails em sua mesa reclamando e dizendo isso não é Fórmula 1 – revelou Bernie Ecclestone.

    Não acho que vão acostumar tão fácil…Se quem MANDA e gera $$$ p/ a F1 está insatisfeito, vendo que foi um ERRO que pode dar prejuízo…

    Para os mais “delicados” e “ecologicamente corretos”, melhor não jogarem fora os tampões (não é Tampax!) abafadores de som para seus ouvidinhos.

  15. Capiba disse:

    2 alternativas:

    Torre de Ronco:
    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-538102709-autorama-estrela-torre-de-som-fittipaldi–_JM

    Carta de baralho nas rodas….colocava na min ha BMX e fica show de bola!!

  16. charmeston disse:

    Vamos proibir os aviões! Em um único voo até a Europa, gasta-se mais combustível que todos os carros de F1 juntos,durante toda a temporada. Até os V8 são chatos! Por favor, tragam de volta os V10,V12,FLAT-12.

  17. Eder disse:

    não faz sentido a F1 se ver obrigada a entrar numa era ecologica, uma vez que os carros nao tem nada a ver com os carros de rua. pra isso existe outras categorias como o WEC.

  18. Edson Gomes disse:

    RIDICULO – Essa ditadura do fanatismo pelo politicamente correto determinada pelos ecochatos está transformando esse mundo num “churrasco de couve-flor”…..corrida de automóvel é corrida de automóvel e Formula 1 é Formula 1….só falta agora ser obrigado a dar seta, usar silencioso, colocar para-lamas e outras idiotices mais (em termos de corrida). O piloto não é mais um atleta do volante, é um test-driver de economia de combustível, seguidor de normas, regulamentos, apêndices, parágrafos….Poxa (pra não dizer outra coisa) deixem os caras correr, (chega de pode, não pode, chega de um monte de frustrados do automobilismo sentados numa poltrona e palpitando quem vai ser punido)….é isso que o público quer…ou então, em breve, Fórmula 1 será apenas nos programas “Melhores Momentos do século XX”.

  19. Willians Thiago disse:

    Broxante…que som medonho

  20. Daniel Ramos disse:

    Ficou ruim demais, antes tivesse mantido o motor V8 com algumas modificiações aqui e ali, colocando o motor ERS e esse “novo Kers”, e o Turbo, mas ficasse barulhento ainda, o ronco que era o mais legal da F1, ficou realmente ruim os V6 1.6 Turbinado, infelizmente isso é tendência em todos os carros do mundo ”/

  21. Felipe Araujo disse:

    Repare inclusive que muitas pessoas na arquibancada em 2013 utilizavam protetores para os ouvidos… em 2014 é possível enxergar algumas pessoas sem o objeto…

  22. Luiz disse:

    Mas o pior da F1 de hoje, é que não é mais nas manhãs de domingo!Cada horário foda.

  23. Luiz disse:

    Gostei do barulho mais baixo, porque agora da para ouvir os pneus cantando. Tem que ver o lado bom. Agora aguardamos a buzina e o pisca no carro do Kobayashi.

  24. Diego disse:

    Entre o atual e o dos últimos anos: o atual.

    Entre o atual e até meados de 94: meados de 94.

    Para quem não gostou, acho que é melhor se acostumar.

    Eu gostei.

    • Seinfeld disse:

      A imprensa britânica retratou na segunda-feira a insatisfação dos empresários que promovem a Fórmula 1. O jornal “The Guardian” divulgou matéria em que Ron Walker, presidente da Grand Prix Corporation, mostrava-se inconformado com a chamada “trilha sonora” apresentada na prova de Melbourne, deixando claro que haverá mudanças para a sequência do Mundial.

      - Não foi o que pagamos. Vai mudar – frisou Walker, afirmando, em entrevista ao Jornal Melbourne Age, que já teria falado com um ‘ horrorizado ‘ Ecclestone sobre o fato, referindo-se ao Chefão da Fórmula 1.

      - Eu tive em contato com um ou dois promotores hoje, e eles disseram como estão insatisfeitos. Falei com Luca di Montezemolo (presidente da Ferrari) agora e Luca disse que nunca teve tantos e-mails em sua mesa reclamando e dizendo isso não é Fórmula 1 – revelou Bernie Ecclestone.

      Não acho que vão acostumar tão fácil…Se quem MANDA e gera $$$ p/ a F1 está insatisfeito, vendo que foi um ERRO que pode dar prejuízo…

      Para os mais “delicados” e “ecologicamente corretos”, melhor não jogarem fora os tampões (não é Tampax!) abafadores de som para seus ouvidinhos.

    • Roberto Fróes disse:

      Tem mau gosto pra tudo…

  25. Dennis Lacerda disse:

    Pela televisão o ronco do motor atual parece ser “pior” do que o demonstrado pelo vídeo gravado na reta.

    Mas sem dúvida de que os motores do passado roncavam “melhor”.

  26. Anderson_SP disse:

    É, o barulho de aspirador de pó dos carros atuais não é um fator marcante, mas quem gosta de velocidade e F1 continua assistindo, o que vale é a disputa na pista.

    • Roberto Fróes disse:

      É, vai piorando, piorando, e quem gosta vai diminuindo o gosto, diminuindo, desistindo de acordar no meio da madrugada…
      A cada ano que passa a Formula 1 piora!
      Vai perder audiência, mundialmente!

  27. Anderson disse:

    Parece o barulho dos carros dos Jetsons…

  28. Ricardo Bifulco disse:

    Por estas e por outras que o WEC segue aos poucos “engolindo” a F1. :)

  29. rodrigo disse:

    A solução é colocar um módulo com um alto-falante zumbindo, hehehe.

  30. Mauricio disse:

    Sorry pessoal. Houve uma opção por um aumento de eficiência térmica do motores. Consequência técnica inescapável: O RUIDO IA DIMINUIR CONSIDERAVELMENTE!!
    Motores mais eficientes vibram menos e o fluxo de gases de escape é mais lento pois sua energia é absorvida pelo turbo.
    Resultado é menos barulho.
    Se querem mais ruído terão de abrir mão de algum item. Creio que primeiro que vai dançar será o limite de consumo.
    Agora, como fato concreto, para aumentar realmente o ruido, só tirando o turbo.
    Ou seja, não tem saída fácil.

  31. Matheus disse:

    Acho que só eu e o Barrichello gostamos desses roncos.

  32. nelson disse:

    Flavio, alguém mencionou Monaco. ,Você já foi varias vezes assistir lá. Existe coisa mais impressionante do que assistir aos treinos do alto do palacio. O som que chegava era inebriante.Quanto ao som e aos carros de hoje são um saco. Acho que novas tecnologias deveriam ser restritas aos protótipos para realmente bolar inovações para os carros do dia a dia, mas F1 deveria continuar sendo o que já foi : Uma categoria que premiasse os melhores pilotos realmente. Hoje com tanta merda embarcada, na realidade não se sabe mais se os caras são tão bons ou se os melhores carros ajudam. é muito legal se ver novatos marcando pontos, mas será que nos carros antigos teriam chance?

  33. ricardo disse:

    F1 ecológica!!!!!!!.A merda Jean Todd e quem mais criou o regulamento de 2014!!!!!.
    Isso não é F1!!!
    Acompanho F1 desde o inicio da era Senna,e é a primeira vez que sinto vontade de não acompanhar mais.
    Carros quebrando,economia de combustível,freio eletronico,ers,drs,e esse barulho de liquidificador.lixoooooooooooooooo,desde quando F1 têm que ser politicamente correta,gastando o absurdo que as equipes grandes gastam!!!!!!!
    Piada!!!!!o que polui são os automóveis e o mundo industraializado de hj.
    Quero nosso barulho de volta.

  34. Renato B. Santiago disse:

    Sinceramente, prefiro o barulho atual. O barulho anterior parecia uma bichinha gritando estridente! O atual é mais grave e mais futurista. Ele perde um pouco de agressividade na desaceleração, mas o turbo compensa com futurismo. Agora, nenhum dos dois chega perto do barulho bonito dos carros dos anos 70! Barulho de carro de homem!

  35. Giovanni disse:

    Na verdade esses V8 de até ano passado também são uma bosta, baita zunido sem sentido, atordoante. Motor de verdade eram os V12 da Ferrari até 94. Depois disso virou lixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>